Achei muito legal a letra dessa música e resolvi divulgar aqui. Ela é bastante polêmica se for avaliada ao pé da letra mas acaba sendo a verdade que vivemos no dia a dia das grandes cidades, principalmente.

Qualquer um que seja da classe média provavelmente se identifica com trechos da música. Não são todos pois aí seria uma generalização muito grande, mas a maior parte do que é dito em “Sou classe média” faz muito sentido para a realidade brasileira.

Além da letra a melodia é muito bem feita e o tom da música colabora para passar a mensagem.

Letra da música: Sou classe média

Sou classe média
Papagaio de todo telejornal
Eu acredito
Na imparcialidade da revista semanal

Sou classe média,
compro roupa e gasolina no cartão
Odeio “coletivos” e
vou de carro que comprei a prestação

Só pago impostos,
Estou sempre no limite do meu cheque especial
Eu viajo pouco, no máximo um
Pacote CVC tri-anual

Mas eu “tô nem aí”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “tô nem aqui”
Se morre gente ou tem encheeente em Itaquera
Eu quero é que se explooooda a periferia toda

Mas fico indignado com o Estado
Quando sou incomodado
Pelo pedinte esfomeado
Que me estende a mão

O pára-brisa ensaboado
É camelô, biju com bala
E as peripécias do artista
Malabarista do farol

Mas se o assaaaaalto é em “Moema”
O assasssinaaaaaato é no “Jardins”
E a filha do executivo
É estupr…. até o fim

Aí a mídia manifesta
A sua opinião regressa
De implantar pena de moooorte
Ou reduzir a idade penal

E eu que sou bem informado
Concordo e faço passeata
Enquanto aumento a audiência
E a tiragem do jornal

Porque eu não “tô nem aí”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “tô nem aqui”
Se morre gente ou tem encheeente em Itaquera
Eu quero é que se explooooda a periferia toda

Toda tragédia só me importa
Quando bate em minha porta
Porque é mais fácil condenar
Quem já cumpre pena de vida

 

E então…gostou da música? Já vai sair cantando no carro enquanto espera o sinal abrir?