Sempre nos deparamos com resenhas por aí. Resenhas de livros, resenhas de filmes, resenhas de textos científicos, resenhas de peças de teatro, etc. Mas afinal, como se escreve uma resenha? Para respondermos essa questão passo a passo, precisamos antes responder o que é uma resenha. Uma resenha é um gênero textual que visa a informação sintética de algum objeto. Mas não é um simples resumo ou sinopse. A resenha passa tanto por momentos descritivos e objetivos quanto pelo momento crítico, que desenha impressões sobre o objeto, e portanto, é também de cunho subjetivo. Uma resenha é, portanto, a informação sintética sobre algo e que consegue aliar descrição e crítica.

Escrever uma resenha é algo difícil pois é um texto breve, e por isso corre-se o risco da superficialidade e do privilégio de certas informações em detrimento de outras igualmente importantes. O texto precisa apresentar ao leitor as características principais do objeto, sejam elas boas ou ruins. Nunca use expressões como “eu gostei”, “eu não gostei”, “eu acho que”, por mais que uma resenha apresente uma perspectiva crítica, isso deve ser passado de maneira objetiva e argumentativa, e não baseada em “achismos”.

Como fazer uma resenha

Dicas para escrever resenha

O formato clássico de resenha, chamada de resenha acadêmica, envolve os seguintes passos:

  1. Identificação do objeto a ser analisado, seja uma obra, um filme, um texto, uma peça…
  2. Apresentação: descreva brevemente do que se trata o seu objeto.
  3. Descrição da estrutura: é a forma do objeto. Quantos capítulos, ou quantos atos…
  4. Descrição do conteúdo, de forma mais esmiuçada que o item 2.
  5. Momento crítico : neste momento você expressa suas impressões, mas de forma consistente e argumentativa. Você pode citar outros autores e comparar obras, por exemplo.
  6. Recomendação da obra: após ter descrito e criticado, direcione o objeto para o público que melhor se encaixa a ela.
  7. Identificação do autor do objeto “resenhado”. Breve biografia e outras obras de referência.