O Ouya é um console de videogame executando a sua própria versão do sistema operacional Android. Julie Uhrman, um veterano da indústria de jogo, fundou o projeto em 2012.O que mais se destaca no console é que seu desenvolvimento foi financiado via Kickstarter, uma ferramenta de financiamento coletivo, levantando US $ 8 milhões e tornando-se o segundo maior projeto em sua história. O console está programado para ser lançado ao público em Junho de 2013.

O Ouya contará com uma loja exclusiva para o console com aplicativos e jogos desenvolvidos especificamente para a plataforma. Fora da caixa, o Ouya incluirá a aplicação TwitchTV e acesso ao serviço OnLive de streaming de jogos. Inicialmente, espera-se que ele rode em uma versão modificada do Android 4,1 Jelly Bean, e estar aberto para o “root” sem invalidar a garantia. O design do console irá permitir que ele seja facilmente aberto, exigindo apenas uma chave de fenda padrão para permitir modificações fáceis pelos seus usuários.

Todos os sistemas podem ser utilizados como kits de desenvolvimento, permitindo que todo o proprietário e Ouya jogador também seja um desenvolvedor, sem a necessidade de taxas de licenciamento. Todos os jogos serão obrigados a ter algum tipo de aspecto gratuito, que pode ser completamente gratuito, ter uma versão gratuita, ou ter atualizações para serem compradas, níveis, ou outros itens no jogo.

Detalhes sobre o Ouya

Com este console, a proposta é fazê-lo aberto, de forma a receber melhorias todos os anos e poder passar por modificações e personalizações dos usuários. (Foto: uncrate.com)

Serão mais de 481 jogos já no lançamento da plataforma. Cada console custará US$99 e virá com um controle. Controles extras terão o custo de US$49.99. A ideia é que o console tenha seu hardware atualizado todos os anos, uma vez que é um console barato de manufaturar e os custos para produzi-lo com peças melhores cai todos os anos. E há ainda uma parte do controle sensível ao toque, realmente algo a se destacar por preços tão competitivos.

Com tantos jogos já no lançamento, o Ouya pode ser considerado já um videogame da nova geração, mesmo que seu processamento não seja tão bom quanto os concorrentes. Mas com a onda de celulares e jogos casuais para Android, é bem possível que o sucesso do videogame vá longe, até como centro de entretenimento.