Aqueles que não podem falar por si ou não podem ouvir sons usam a linguagem de sinais para se comunicar. A língua de sinais também pode ser usada para comunicar pensamentos e idéias entre os amigos como um tipo de “código”. Assim como aprender outras línguas, aprender a língua de sinais requer estudo e prática. Coloque esforço para estudar e praticar o material e você será capaz de se comunicar usando apenas suas mãos.

Registre-se para um curso de linguagem de sinais. Faculdades locais e centros comunitários oferecem rotineiramente cursos de língua de sinais. Verifique quadros de avisos e sites de instituições de ensino locais em sua área e fazer um curso de linguagem de sinais. Prefira aqueles que ofereçam certificados reconhecidos nacionalmente de LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

Estude no seu próprio país usando cursos gratuitos disponíveis na Internet. Para completar qualquer curso formal em linguagem de sinais, ou para ensinar a si mesmo, se você optar por não ter uma aula formal apenas para aprender a língua de sinais. Assista aos vídeos de instrução com os símbolos e usos da língua e espelhe os movimentos da mão com o professor. A língua de sinais é muito visual e é necessário que você consiga ter expressões faciais boas. Para isso, só a prática vai te ajudar e uma sala de aula é muito limitada para aprender tudo necessário.

Língua Brasileira de Sinais

Além dos sinais universais para as letras, existem sinais para verbos, ações, emoções e coisas muito mais complexas. (Foto: pecep.wordpress.com)

Compre e estude um livro de texto da língua de sinais. Peça sua livraria local por uma cópia de um livro de texto da língua de sinais, busque em uma biblioteca ou na Internet. A pesquisa irá te premiar com mais fontes de estudo e facilidades.

Pratique muito a língua de sinais. Visite centros comunitários, casas de repouso ou hospitais e perguntem se eles oferecem visitação para pessoas que não podem falar ou ouvir. Visite estes grupos (quando disponível) e pratique.  Busque em fóruns da internet pessoas que queiram conversar com você via webcam. pergunte ao seu professor nos cursos se ele tem algum grupo de prática fora da sala de aula. Lembrando que a língua de sinais é diferente para cada país. Se você planeja sair do país para um intercâmbio, é uma boa buscar estes cursos fora do país.

A língua de sinais pode parecer difícil no começo, mas vai ficando cada vez mais fácil com mais prática.