Enquanto nós pesquisamos a nossa história familiar, muitas vezes, fazemos conexões com primos distantes, seja através de nossas árvores genealógicas ou através de um teste de DNA. Mas qual é o termo apropriado para os referidos parentes distantes? Pode ser confuso tentar descobrir isso. Se o seu parente mais próximo é uma bizavó, mas há uma diferença entre gerações, é você um parente de terceiro grau? Vamos dar uma olhada no que esses termos significam e como você pode entendê-los em sua árvore genealógica.

Graus de parentesco

Termos como “primo de primeiro grau” e “primo de segundo grau” referem-se ao que chamamos de graus de parentesco É uma indicação de quão perto o ancestral comum está para eles. Quanto mais distante do primeiro ancestral comum, maior o grau.

Primos de primeiro grau significam que o ancestral mais próximo que duas pessoas têm em comum é um avô. Primos de segundo grau significa que o ancestral comum mais próximo é um bisavô. Primos de terceiro grau, tem uma tataravô como seu ancestral comum mais recente.

Graus de parentesco “removidos”

“Removido” refere-se a quantas gerações “diferentes” estão duas pessoas. Seu antepassado mais comum pode ser o bisavô de um e de tataraavô do outro. Uma vez que eles não estão à mesma distância do ancestral comum, “removido” é uma forma de mostrar o quão longe eles estão.

Entendendo graus de parentesco

Desenhar uma árvore genealógica vai te ajudar a entender os graus de parentesco com seus familiares de forma fácil e rápida. (Foto: www.eprintablecalendars.com)

Exemplo de graus de parentesco “removidos”

João e Maria tiveram dois filhos: Adão e Eva. Adão teve uma filha chamada Bárbara. Bárbara teve um filho de Carlos; e Carlos teve uma filha chamada Denise. Eva teve um filho chamado Bruno; Bruno teve uma filha chamada Kátia; Kátia teve um filho chamado Davi. Vamos ver como essas pessoas se relacionam.

Bárbara e Bruno são primos de primeiro grau. Seus ancestrais comuns mais próximos são os seus avós (João e Maria). Barbara e Bruno têm a mesma distância de seus ancestrais comuns mais próximos; nenhum grau “removido” é necessário.

Carlos e Kátia são primos em segundo grau. Seus ancestrais comuns mais próximos são seus bisavós (João e Maria). Eles, também, estão à mesma distância de seus ancestrais comuns mais próximos; nenhum grau “removido” é necessário.

Da mesma forma, Denise e Davi são primos de terceiro grau. Seus ancestrais comuns mais próximos são os seus tataravós. Eles estão na mesma distância entre si, de modo que não precisa de um grau “removido”.

Bárbara e Kátia tem seus ancestrais mais próximos (João e Maria) com os avós de Bárbara, mas bisavós de Kátia. O mais próximo determina o grau. Neste caso, Barbara é a mais próxima. Ela é uma neta, de modo que a faz o grau de “prima de primeiro grau”. Kátia é uma geração diferente (ela é uma bisneta), por isso precisamos “remover” uma vez. Bárbara e Kátia são primas de primeiro grau, uma vez “removidas”.

Bárbara e Davi são primos de primeiro grau, duas vezes “removidos”. Bárbara ainda é a mais próxima, como neta, por isso ainda é uma prima de primeiro grau. Mas Davi é duas gerações diferentes, por isso ele precisa ser “removido” duas vezes. Coloque-os juntos e você tem primos de primeiro grau, duas vezes “removidos”.

E sobre Carlos e Davi? A relação mais estreita com os antepassados ​​comuns é Carlos, como um bisneto. Isso faz primos de segundo grau. Mas Carlos e Davi são uma geração diferente, por isso eles precisam ser “removidos” uma vez. Seu relacionamento é de primos de segundo grau, uma vez “removidos”.

Trabalhando sua árvore genealógica

Se você quiser calcular as relações entre duas pessoas em sua árvore genealógica, você pode traçar sua descendência de ancestrais comuns (como eu fiz com João e Maria) e ver onde eles estão.

Se você está mais matematicamente inclinado, há uma fórmula que você pode usar. Tome a relação do ancestral mais próximo e adicione 1 ao número a partir dos bizavós para trás (tataravós etc) para os graus. Por exemplo, se o ancestral mais próximo é um bisavô, o grau é primo em segundo grau. Adicione o número de “removido” quando necessário.

Muitos programas de software de genealogia, permitem que você escolha duas pessoas em uma árvore genealógica e calcule seu relacionamento. Vendo o que esses termos significam e como você pode calcular a relação por si mesmo pode ajudar a compreender melhor essas relações e conhecer mais sobre sua família.

Considerações Finais

Em resumo um parente de primeiro grau é definido como um parente próximo que inclui os pais da pessoa, irmãos completos, ou filhos. Um parente até segundo grau é definido como um parente de sangue que inclui avós do indivíduo, netos, tios, sobrinhos, sobrinhas ou meio-irmãos. Terceiro grau relativo é definido como um parente de sangue que inclui primos de primeigo grau do indivíduo, bisavós ou bisnetos

O “grau de relacionamento” descreve a proporção de genes compartilhados por dois parentes de sangue. Um primeiro grau de parentesco significa o compartilhamento de metade de seus genes com a pessoa. Um parente de até segundo grau compartilha cerca de um quarto de seus genes com a pessoa. Um parente de terceiro grau compartilha cerca de um oitavo de seus genes com a pessoa.

Deu pra entender? Se você ainda tem dúvidas, use os comentários abaixo! Estamos aqui para ajudar!