Um skate para cada terreno é a melhor resposta para o tema chave de nosso artigo de hoje. Quando falamos em terreno, é claro que nos referimos ao concreto ou asfalto, vale ressaltar que skates para terra, estão fora desse contexto.

Existem diferentes tipos de skate, porque existem diferentes áreas de prática desse esporte. Confiram quais são elas na lista a seguir:

  • VERTICAL – Pistas com transição do reto para o inclinado, apresentando inclinação de 90 graus;
  • STREET – Obstáculos urbanos, corrimão, palco, escada, etc;
  • DOWNHILL OU SPEED – Ladeiras de asfalto;
  • FREE STYLE – Solo.

Dentro destas modalidades, existem diversas outras subdivisões, o zigue zague ou slalom, os half pipes, bowls e Banks até a famosa mega rampa. Outra diferença comum é que as rampas normalmente são feitas de madeira, já as pistas são feitas de concreto.

Como escolher a modalidade?

Primeiramente observar qual é o objetivo que busca com o skate. Existem pessoas que utilizam o skate apenas como forma de passear, como se fosse um meio de transporte (Skate Cruizers), outras buscam descer as grandes ladeiras em alta velocidade (Long Board), enquanto outras já querem enfrentar os desafios na infinidade de manobras possíveis de serem feitas (Vertical ou Street).

É importante que na escolha da modalidade, você observe a sua condição financeira para investir em determinado tipo de skate, além da possibilidade de prática do mesmo em sua região. Vale lembrar que o valor de um skate vai de 120 reais até mais de 2 mil reais, variando por estilo e região para região. Pesquise bem antes de realizar sua compra.

Na seqüência do artigo Queremos te ajudar a escolher peça por peça. Lembre-se que a opção de estilo irá interferir diretamente no tipo de peça escolhida.

SHAPE do Skate

Ao comprar um skate, o shape é a primeira peça que você tem que analisar. Qual sua modalidade? Free Style, Vertical, Street, Downhill, existem modelos diferentes de shape para cada modalidade.

Observe qual é o tamanho que favorece maior equilíbrio, lembrando que quanto mais largo, maior será a sua estabilidade, mas em contra partida, o peso também será maior. Então qual escolher, largo ou fino? Depende:

  • Shapes finos – São melhores para execução de manobras relacionadas ao street. Pelo seu peso ser menor, facilita também a altura dos ollies.
  • Shapes largos – São melhores opções para andar em half pipes, bowls e mini rampas, porque oferece maior estabilidade, fundamental porque a velocidade nestas modalidades é bem alta.
Como escolher um skate?

Qual o melhor skate?

LIXAS do Skate

Por mais banal que pareça, a lixa do skate tem papel fundamental no seu desempenho, a lixa serve para fixar os pés do skatista no Shape. Apesar de parecerem ser todas iguais, existem muitas diferenças.

Dentre as diferenças podemos destacar a lixa emborrachada que é mais resistente a água, a lixas com micro poros que não permite a formação de bolhas de ar. Atualmente existem lixas as coloridas ou estampadas que tem apenas o diferencial estético.

TRUCK do Skate

Mais conhecido como eixo do skate e é fixado no shape. No truck são fixadas as rodas e rolamentos. Nas pontas da aste dos trucks existem porcas que seguram a roda no eixo e em sua base tem de 4 a 6 furos. Importante alertar que trucks são fabricados para se encaixarem em diferentes shapes.

Trucks para Longboard são diferentes e se destacam por serem bem mais largos que os convencionais. Existem também dois tipos de trucks para longboard, são eles:

  • Normais – Iguais aos convencionais diferenciando apenas por possuírem uma trava maior.
  • Invertidos – Possuem trava e conjunto de amortecedores virados ao contrário.

RODAS do Skate

As rodas têm fator determinante no desempenho do skate, então é crucial escolher o jogo de rodas adequado. Quase todas as rodas são feitas de poliuretano. Além de oferecer duração maior, elas são mais baratas de fabricar sendo vendidas por preço mais acessível.

Existe classificação quanto às rodas? Sim, existe! Todas são fabricadas e classificadas de acordo com sua dureza. Você encontrará rodas com a sigla “A” e em seguida números que a classificam. As classificações comuns vão de 75A a 99A.

Confira a seguir a tabela de classificação de cada modalidade quanto à dureza da roda:

  • Vertical – 97A ou superior;
  • Street (asfalto) – 97A e superior;
  • Street (Pistas de cimento) – 99 a 102ª;
  • Cruiser ou Longboard – 75A a 85ª;
  • Slides – 80A.

Confira a seguir a tabela de classificação de cada modalidade quanto o diâmetro da roda:

  • 49mm a 59mm – Skate comum ( Rua, pistas, bows e half pipes);
  • Acima de 60mm – Longboard (Speed, Slides, etc) e Old School.

ROLAMENTO do Skate

O rolamento também tem ligação com os trucks, para os até 180mm, todos os rolamentos são do mesmo tamanho. Apesar de não ter variação no tamanho, eles variam na qualidade. A melhor forma é quanto mais caro, maior a qualidade. Agora se seu truck tem 200mm, você vai precisar de um jogo de rolamento especial.

Em relação à velocidade é importante observar a classificação ABEC, porque é através dela que é classificada a qualidade dos materiais e precisão utilizados na fabricação deste rolamento.

Chegamos ao final deste artigo e esperamos ter ajudado muito nas dúvidas de como montar seu skate. Nunca deixe de buscar orientação, pesquise bastante e principalmente converse com outros skatistas sobre as opções e marcas, a prática é sua melhor resposta do que vale ou não o investimento.