A estimativa de envios para encomendas internacionais em diversos sites é boa demais para ser verdade, porque a realidade é muito mais cruel. A estimativa de quando uma encomenda internacional vai chegar passa bem longe de quando ela realmente chega, geralmente dias ou até meses do prazo inicial estipulado quando você fez sua encomenda. Mas por que essas encomendas demoram tanto?

Encomendas internacionais atrasadas: prazos de acordo com a localização

Primeiramente, tenha em mente que as estimativas de entrega são para dias úteis. Feriados e finais de semana não contam para os prazos dados. É importante também considerar a localização da sua residência em relação ao ponto onde chegou sua encomenda. Por exemplo, se você vive em uma cidade mais próxima de onde sua encomenda chegou, quando provavelmente seu pedido chegará mais rápido até você. A ordem de “rapidez” para a entrega é a seguinte, do mais rápido para o mais devagar, de acordo com a localização da sua residência:

  • Cidades próximas ao recinto alfandegado onde a encomenda chegou
  • Capitais estaduais
  • Grandes centros urbanos do interior
  • Cidades rurais e região norte do Brasil

Esses atrasos se dão por questões logísticas dos Correios. Geralmente há um limite mínimo de encomendas ou um prazo máximo para fazer o envio para um destino, de forma a otimizar os custos de envio pelos Correios. Pense da seguinte maneira: enviar 10 encomendas em um caminhão pode dar prejuízo para os correios. Mas enviar 100, 1000, começa a ser mais lucrativo. Vale lembrar que é preciso considerar que os Correios vem enfrentando problemas no Brasil inteiro para respeitar prazos, até em encomendas nacionais. Ineficiência, falta de pessoal, falta de preparo, falta de segurança, entre muitos outros aspectos podem ser considerados como agravantes para os atrasos.

Demora em encomenda internacional

Encomendas internacionais demoram por vários motivos, principalmente por causa da alfândega e de erros logísticos dos Correios. (Foto: Pak Mail)

Atraso dos Correios antes da chegada da encomenda ao país

Além da sua localização no Brasil, é importante destacar a localização da sua encomenda ao redor do Globo. Dependendo de onde o pedido vem, pode demorar um pouco mais ou um pouco menos. A média para a maioria dos envios é de 4 a 7 dias para a chegada das encomendas ao Brasil a partir da maioria dos países desenvolvidos. Países menos desenvolvidos pode demorar o dobro desse tempo para a encomenda chegar ao Brasil. Isso acontece geralmente por questões logísticas, como a demora de voos ou a indisponibilidade de voos para certos destinos.

Encomendas internacionais atrasadas: o tamanho do seu pacote e tipo de produto

Pacotes maiores podem demorar um pouco mais. Se for realmente grande ou tiver um formato estranho, dobre a estimativa do tempo. É preciso compreender que certos tipos de encomenda podem demorar mais ou menos do que outros.Por exemplo, eletrônicos podem demorar mais a serem liberados do que brinquedos, assim como artesanatos podem demorar menos a serem liberados do que itens de vestuário. Essa demora acontece porque as diretrizes de análise e tributação para certos produtos são diferentes, e a Receita precisa lidar com isso.

Encomendas internacionais e o atraso da alfândega

O atraso na alfândega é um dos mais problemáticos. A Receita Federal deve fiscalizar as encomendas que chegam ao país, tributando as encomendas devidamente e repassando-as para os Correios entregarem. Há diversos problemas que se acumulam para aumentar tais atrasos:

Volume de encomendas: o volume de encomendas aumentou exponencialmente nos últimos anos, e a alfândega geralmente verifica todas as que passam por eles. Fim do ano e início do ano são os piores meses, quando as pessoas fazem compras de Natal e Black Friday no exterior.

Falta de pessoal: ao mesmo tempo que o volume de encomendas aumentou, o número de funcionários da Receita não sofreu um aumento proporcional, resultando na ineficiência do trabalho.

Centralização das encomendas: até alguns anos atrás, quase todos os estados tinham um recinto alfandegado para taxar e distribuir as encomendas. Hoje o processo está centralizado em pouquíssimos lugares no país, com Curitiba sendo o recinto alfandegado mais famoso.

Greves e operações tartaruga: protestando por salários, melhores condições de salários, ou mais contratações, os funcionários da Receita Federal frequentemente reduzem a eficiência do trabalho com greves ou operações tartaruga (trabalhando mais devagar com as encomendas), o que aumenta o prazo para a entrega.

Como fazer para sua encomenda internacional chegar mais rápido?

Reze, faça simpatias, use a astrologia. Brincadeiras à parte, é difícil dizer uma fórmula que realmente funcione 100% do tempo para encomendas internacionais. Mas algumas estratégias ainda são eficientes nessa questão:

Envio por courier: courier são as empresas que enviam para o Brasil já cobrando os impostos e taxas antes de realizarem os envios. Amazon é um exemplo de empresa que faz isso. Fedex e UPS também fazem esse tipo de envio, geralmente fazendo a cobrança quando chega ao consumidor final. São geralmente mais caros, mas chegam muito mais rápido.

EMS ou Express Mail Service: um serviço oferecido por praticamente todos os correios do mundo, é um pouco mais rápido que o correio “normal”. Porém, a rapidez não é garantida de acontecer sempre, e pode demorar até mais do que uma remessa por um tipo normal de envio, mas custando bem mais caro.

Época do ano: evite fazer encomendas em novembro, dezembro, janeiro, e fevereiro. Geralmente são os meses que a Receita está mais atolada de encomendas, o que pode fazer com que sua encomenda demore ainda mais.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!