Estética a parte, já que é um critério pessoal, escolher um par de patins, inline ou quads, está focando em muitos critérios objetivos, variando de acordo com vários parâmetros: tipo de prática, intensidade de uso, nível de patinação, orçamento. Vamos passar por todos os pontos-chave que devem ajudá-lo a fazer sua escolha.

Os básicos para o patins de iniciante

Um par de patins costuma ser projetado para um tipo específico de prática. Em primeiro lugar, observe que é difícil encontrar um par que atenda perfeitamente às necessidades de várias disciplinas de uma só vez, já que suas características podem ser totalmente opostas. Se você está procurando um par versátil, vá para patins freeride, eles são adequados para a mais ampla gama de práticas.

Se você puder, teste antes de comprar. Se você é um iniciante e / ou não tem certeza de que vai gostar de andar de patins, alugue um par para um final de semana ou peça emprestado aos seus amigos para experimentá-lo. Você terá uma ideia melhor se quiser andar mais um pouco. Não hesite em participar de várias práticas de patins, há sempre uma que se adapte melhor a você! Além disso, algumas lojas reembolsam as taxas de aluguel quando você compra um par.

Qual o orçamento separar se você sabe que gosta de andar de skate? Não se apresse imediatamente em patins mais caros que muitas vezes são desconfortáveis ​​e atingem seus limites muito rapidamente. Patins baratos demais são a melhor maneira de te fazer desistir dos patins.

Em vez disso, opte por um par de orçamento médio, mais confortável e eficiente, que lhe permitirá melhorar de forma segura e com total tranquilidade, sem ter que mudar ou atualizar alguns meses depois. Você pode ter uma ideia da amplitude da oferta em catálogos de lojas e pesquisando fóruns, grupos online e publicações especializadas em patins. Se você não tiver o orçamento, também poderá comprar patins de segunda mão.

Se você pretende praticar várias disciplinas de patinação, mas tem um orçamento limitado, sempre escolha o modelo que melhor se adapte ao seu uso principal. Você não vai ficar cansado de patinar. Quanto mais você variar suas disciplinas, melhor será seu nível técnico!

Qual o melhor patins para iniciantes: botas macias ou duras?

Você vai encontrar muitas botas duras entre os patins de entrada, porque elas são mais baratas de produzir. Elas são frequentemente menos confortáveis ​​que as “moles”, que permitem patinar por mais tempo sem dor. No entanto, as botas rígidas são mais adequadas para algumas práticas, como downhill, freeride ou slalom skating, para as quais o patinador precisa de controle e apoio.

Tamanho dos patins para iniciante

Cada marca se encaixa de forma diferente, como por comprimento e largura. O tamanho do seu sapato é apenas uma base indicativa. Você deve confiar em seus sentimentos.

Também saiba que seus pés vão inchar um pouco durante o esforço. É melhor ter uma pequena margem nos dedos.

Segundo as marcas, a forma do calçado também pode variar consideravelmente. Não se surpreenda se um modelo de uma determinada marca parecer apertado, e outro modelo do mesmo tamanho, mas uma marca diferente, não.

Mantenha os patins por pelo menos 15 minutos quando você experimentá-los, e se movimente na loja. Se comprar pela internet, lembre-se que você tem 7 dias de arrependimento para poder devolver os patins.

Para patins de longa distância, ter patins ligeiramente grandes não é um problema. Por outro lado, se você pratica uma disciplina técnica, como slalom, hóquei ou patinação de velocidade, é melhor ter patins ajustados para melhor precisão e reatividade.

Quais patins escolher para crianças?

Para os pequenos, a melhor solução é escolher um modelo ajustável. O orçamento inicial é um pouco maior, mas a criança vai manter os patins mais tempo e será mais confortável neles. Se os patins não forem ajustáveis, certifique-se de usar patins de um a dois tamanhos maiores, com botas duras e um sistema de fechamento sólido. Proteções duras oferecem um bom suporte para os pés, enquanto compensam o crescimento da criança. Você também pode usar uma palmilha para ter mais apoio, mas evite escorregar em muitas camadas de meias, o que resultará em perda de sensações.

Patins para iniciantes

Conheça os diferentes tipos de patins e aprenda a escolher o modelo certo para suas primeiras patinadas. (Foto: wikiHow)

Dicas para comprar patins: tecnologias e estilos de patinação

Cada estilo de patinação exige alguns recursos tecnológicos específicos. Por isso, listamos os principais estilos e as tecnologias que os patins precisam possuir para oferecerem uma boa experiência.

Patins Fitness

Esses patins devem ser confortáveis ​​e leves, para cobrir facilmente vários quilômetros, até mesmo dezenas de quilômetros.

Principais características técnicas

Bota: Semi-macia (geralmente proteção de tela + plástico)

Rodas: tamanho médio (80 a 90 mm) e macias (78 a 82A)

Estrutura: Composto ou alumínio, tamanho médio (260 a 300 mm)

Rolamentos: ABEC 3 a 9

Se você sente que a patinação de fitness vai ser o seu principal esporte, você pode escolher patins com rodas de até 100 mm: elas serão mais altos, portanto, menos estáveis ​​para começar, mas, com o tempo, eles oferecerão melhor rolamento e conforto em terrenos irregulares.

Patinação agressiva/de rua/rampa/skatepark

Patins agressivos são resistentes e aprimorados para suportar as restrições relacionadas a choques e fricção em trilhos e paredes. Eles também resistem melhor a quedas. Eles tem entalhes em seus quadros e conchas para protelar.

Principais características técnicas

Bota: Dura (raramente semi-macia, exceto para certos modelos)

Rodas: Pequenas (52 a 60 mm) e duras (88 a 100A)

Estrutura: Plana (4 rodas tocando o solo) ou estilo livre (2 rodas, uma em cada extremidade) ou com anti-balancins (2 rodas centrais pequenas e 2 rodas finais maiores, para não ficar preso nas paredes). Bloco em H, ranhura, placa de moagem e placa soul.

Tipos de quadros variam de acordo com sua especialidade pois se acordo com a especialidade agressiva a que você tem, os quadros são diferentes:

Configuração plana: 4 rodas tocando o chão, para rampa ou skatepark

Configuração de Freestyle: 2 rodas nas extremidades

Configuração anti-rocker: 2 pequenas rodas no meio, 2 rodas maiores nas extremidades, para skatepark

Patinação de velocidade/corrida

Modelos de patinação de velocidade combinam grande rigidez para transmissão de potência e leveza para melhor eficiência, com rodas de grande diâmetro. Em geral, você só começa a patinar quando já está com o básico do skate. É melhor fazer patinação antes de receber este tipo de equipamento.

Principais características técnicas

Bota: de corte baixo, duro, feita de carbono ou compósito, sem forro

Rodas: Grandes (100 a 125 mm), bastante duras (82 a 90A)

Estrutura: Longa, feita de alumínio ou carbono, com 3 ou 4 rodas de grande diâmetro

Rolamentos: Padrão ou micro-rolamentos, ABEC 5 e acima

Patins de velocidade costumavam ser montados em 5 rodas de 76 a 90 mm até por volta de 2003. As configurações mais comuns atualmente são 4×100 mm e 4×110 mm. Os 3×125 mm chegaram ao mercado de maratona em 2015. Patins de velocidade para crianças podem ter rodas menores.

Patins de resistência e longa distância

Perto de patins de fitness, endurance/resistência, raid e patins de longa distância, muitas vezes tem rodas maiores para cobrir distâncias mais longas e compensar os motivos de má qualidade. Suas botas são geralmente mais rígidas, mais baixas e mais leves. Eles se parecem mais com patins de velocidade, com conforto extra.

Principais características técnicas

Bota: Semi-macia, com carbono ou base composta, com forro

Corte: inferior ao de um skate de fitness, mas superior ao de um patins de velocidade

Quadro: Alumínio ou carbono, 3 ou 4 rodas, bastante longo

Rodas: Rodas grandes (90 a 125 mm), bastante duras (82 a 86 A)

Rolamentos: Padrão ou micro-rolamentos, ABEC 5 a 9

É importante que seus pés não estejam muito soltos em seus patins de resistência e que você não sinta nenhum ponto de pressão.

Hóquei

Os patins de hóquei são compactos e rígidos para maior reatividade e precisão. Eles suportam mudanças violentas de direção, velocidade e freadas bruscas. Eles são submetidos a um teste severo o tempo todo!

Principais características técnicas

Bota: alto corte, rígida, feita de compósito (carbono, fibra de vidro)

Fecho: apenas laços

Moldura: Curta e rígida (alumínio)

Rodas: 72 a 80 mm, duras ou moles de acordo com o campo

Patinação Downhill

Modelos com 5 rodas e proteções rígidas tem sido as configurações mais comuns em patinação downhill desde os primórdios da disciplina. A configuração de 5 rodas é a melhor para negociar uma curva, controlar sua frenagem e precisão e suporte. Os cascos duros dão o suporte e a precisão necessários para obter altas velocidades e paradas de emergência.

Principais características técnicas

Proteção: alto corte e rígida, feita de plástico rígido ou compósito

Estrutura: Longa, feita de alumínio extrudido, 5 ou 6 rodas

Rodas: tamanho médio (80 a 90 mm), muito duras (85 / 86A)

Muito poucos modelos de produção, tornam esses patins bem personalizados. É difícil encontrar modelos downhill no mercado, exceto talvez com marcas específicas. Não hesite em ir a uma loja especializada, ou peça a ajuda de patinadores experientes para fazer o seu próprio par personalizado de patins downhill.

Patinagem Artística sobre Rodas e Dança

Patins quad ainda reinam na patinação artística e dança por causa da grande variedade de passos e movimentos que eles permitem, em comparação com patins inline. No entanto, patins inline com freios podem começar a ocupar mais espaço no mercado. Ter um freio frontal é imperativo para lançar alguns saltos em particular. Hoje, existem poucos modelos inline disponíveis.

Principais características técnicas

Patins: Patins Quad ou Inline

Bota: corte alto, rígido, geralmente de couro

Fechamento: laços

Obrigatório o freio dianteiro

Estrutura: Alumínio

Rodas: 55 a 63 mm, dureza de acordo com o tipo de piso de 78 a 94 A

Patins para Saltos

Patins quad monopolizaram essa prática por um longo tempo, mas agora mais e mais patinadores usam patins inline freeride para pular. Os quads são mais estáveis ​​quando aterrissam, mas freqüentemente mais pesados, portanto, mais difíceis de saltar com.

Principais características técnicas

Patins: Patins Quad ou Inline, de preferência com proteção dura

estrutura: Alumínio, muito rígido e sólido

Rodas: macia a média (78 a 85 A)

Patins de Slalom

Os patins de slalom são rígidos para maior precisão e controle, com quadros curtos para melhor manobrabilidade. No slalom, você deve distinguir entre slalom freestyle e slalom speed, que são duas especialidades diferentes. Cada vez mais os slalomers de velocidade usam configurações de quadro de 3×100 ou 3×110 mm.

Slalom Estilo Livre

Bota: rígida ou semi-macia

Moldura: Alumínio curto (231 a 243 mm)

Rodas: 70 a 80 mm, configuração de balanço, mais ou menos rígida de acordo com o solo (78 a 85A)

Slalom de Velocidade

Bota: rígida ou semi-macia

Estrutura: Alumínio curto (243 a 247 mm)

Rodas: 3 rodas de 100 a 110 mm (83 a 86A)

Patins Freeride

A meio caminho entre patins agressivos e de fitness, esses patins tem a resistência de um modelo agressivo e o diâmetro das rodas de um modelo de fitness para andar de skate na cidade e fazer manobras a toda a velocidade. Às vezes, eles são equipados com alças nas laterais dos quadros para prender paredes e trilhos.

Principais características técnicas

Bota: Rígida, com cano protetor

Estrutura: Curta, alumínio (cerca de 243 mm)

Rodas: tamanho médio (76 a 84 mm), bastante duras (82 a 86A)

Almofadas laterais abrasivas na bota

Cada vez mais modelos freeride são montados com rodas 3×100, 3×110 e até 3×125 mm. Este tipo de configuração é mais projetado para velocidade do que manobras. São menos manobráveis ​​do que os patins de 4×80 mm, mas permitem uma patinagem urbana rápida e confortável.

Patins todo-o-terreno

Muito poucos modelos estão disponíveis no mercado. Esses modelos também podem ser usados ​​para outros estilo de patinação, como kite skating.

Principais características técnicas

Bota: rígida, alta superior para mais suporte

Rodas: pneus grandes (150 mm ou mais)

Estrutura: 3 rodas, tamanho maior e fortalecido, alumínio

Rolamentos: “à prova d’água”

Patins Roller Derby

Patins Roller derby se parecem muito com velhos patins de velocidade quad. Algumas marcas usam seu know-how histórico nesse campo para atender às demandas dos participantes. Os patins estão sujeitos às mesmas restrições que em patinação de velocidade ou hóquei em patins, mas também precisam de um pouco de aprimoramento extra. Como no hóquei, os jogadores estão constantemente quebrando sua velocidade e mudando de direção.

Principais características técnicas

Bota: relativamente baixa, rígida, com bom suporte de tornozelo (couro ou carbono)

Placa: Alumínio, compacto, com as rodas inclinadas em um ângulo para maior manobrabilidade

Rodas: 59 a 62 mm, dureza 88 a 95A de acordo com os tipos de piso

Freios dianteiros: Bastante curto e ajustável em altura

Frequência de prática e estilo de patins

É importante determinar em que medida você anda de skate, para que você possa adaptar seus patins à sua prática. Vamos dar o exemplo de patinação de fitness. Nada impede que você compre equipamentos de melhor qualidade se quiser se dar um mimo.

Prática ocasional

1 a 2 vezes por mês. Você vai para patins em curtas distâncias em um ritmo moderado.

Nível: iniciante

Bota: dura

Estrutura: Composto ou plástico

Rodas: 80 mm (média), 78 a 82A (macia)

Rolamentos: ABEC 3 a 5

Prática Regular

Uma vez por semana. Você vai de 10 a 20 km de patins em cada sessão. Patinar já é um esporte e você às vezes se junta a patins andando na cidade.

Nível: Avançado

Bota: semi-macia

Estrutura: Composto ou alumínio

Rodas: 80 a 90 mm, 78 a 82 A (macia)

Rolamentos: ABEC 5 a 7

Prática Intensiva

Várias vezes por semana. Você vai para patins de várias horas, às vezes cobrindo mais de 40 km. Você ama a resistência e a velocidade.

Nível: especialista

Bota: semi-macia

Estrutura: alumínio, longo, 3 a 5 rodas

Rodas: 80 a 125 mm, 82 a 88 A (rígido)

Rolamentos: ABEC 5 e acima

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e te ajudaremos a escolher o melhor patins para suas necessidades!