Empreendedorismo é uma palavra que depende diretamente de outra: inspiração. A quantidade de esforço que uma ação empreendedora implicará exige, obrigatoriamente, que a pessoa que dinamiza todo o processo tenha a motivação necessária para se manter ativa, empenhada e focada nos seus objetivos.

O papel da inspiração para garantir tudo isto é fundamental. Torna-se impossível continuar a dar 100% de nós a um projeto se não acreditarmos nos seus resultados. Assim, para que se seja empreendedor, é necessário que se busquem, não só as ferramentas práticas e as estratégias mais indicadas, mas também o resto: aqueles pedaços de inspiração que podem ajudar a dar o primeiro (e também o último) passo na concretização de um projeto.

Existem várias formas para um empreendedor se manter inspirado ao longo do processo de criação e estruturação do seu negócio. Cada pessoa poderá encontrar, no caminho para a edificação deste tipo de estrutura profissional, as suas próprias formas de inspiração, que o ajudem a manter-se focado e orientado para o cumprimento dos objetivos.

Ainda assim, mesmo perante eventuais diferenças que possam existir de empreendedor para empreendedor, é inegável que existem alguns pontos importantes para inspirar todos os que têm esta alma empreendedora.

Hoje, iremos conhecer 3 das formas mais comuns para garantir que um empreendedor se mantém inspirado, para que fique a saber quais são os seus melhores aliados no caminho para o sucesso.

1. Ler e ver materiais inspiradores

inspiração para empreendedores pode ser encontrada através de várias atitudes auto-promovidas. Uma delas, sem dúvida, é a procura de conteúdos que contribuam para melhorar a auto-estima e a motivação da pessoa que gere o negócio.

A procura de conteúdos – nomeadamente sob a forma de livros, de documentários, de histórias de sucesso, de conversas, de blogues ou de frases – pode ser uma forma de promover o bem-estar da sua mente, colocando o pensamento no local certo para se manter motivado. Este tipo de conteúdos gera estímulos eficazes para garantir que sente um impulso maior e mais duradouro, melhorando os seus níveis de energia e incentivando-o a continuar mesmo face a eventuais problemas ou constrangimentos.

Estes materiais podem ter uma influência direta nas nossas decisões e também nas ações e atitudes assumidas durante o processo de construção de uma marca. Assim, sem dúvida, para quem está a começar, o ideal para manter uma atitude empreendedora será buscar inspiração junto de conteúdos motivacionais.

Inovação empreendedora

As ideias empreendedoras devem ser cultivadas para que a inovação tome lugar e traga novas oportunidades. (Foto: divulgação)

2. Estabelecer objetivos concretos

Quando se inicia um processo novo, principalmente em meios de difícil inserção, como acontece com muitas estruturas comerciais e de e-commerce, é natural que existam momentos de desânimo.

Mesmo a alma mais empreendedora tem, no encontro com os desafios, dúvidas e medos, que colocam em perspetiva a situação e levam a questionar qual é a probabilidade efetiva de se ter sucesso, principalmente no seio de uma economia débil e de uma concorrência tão assertiva.
Este tipo de pensamento é muito normal e, por isso mesmo, desde o começo, é importante que um empreendedor estipule com clareza quais são os seus objetivos.

Ter objetivos concretos implica que todo o tipo de objetivo que possa ser relativizado se exclua. Claro que pode estar a iniciar o negócio por desejar ser independente ou ser rico. Mas as noções de riqueza e de independência são vastas e variáveis, não servindo como base para ancorar o seu trabalho ou para alicerçar a sua motivação.

A inspiração pode provir de outro tipo de objetivo, mais específico, direto e concreto: números, posicionamento da empresa ao final de alguns meses ou anos, margem de lucro desejada, conquista de um número de clientes. 

A criação deste tipo de objetivo cria um motivo para continuar a esforçar-se no quotidiano e vai inspirá-lo ao longo do processo.

3. Contar com a sabedoria e o apoio de outros

Todas as pessoas se inspiram noutras pessoas. Por isso mesmo, ter bons mentores é muito importante para o ajudar a abrir os horizontes, a manter o ânimo e a continuar a lutar pelo sucesso, mesmo quando este parece uma miragem muito distante.

Ouvir o conselho de outros profissionais ou buscar o exemplo de casos de sucesso que passaram por situações de dificuldade – que em tudo se assemelham à sua – é muito importante para garantir que se mantém inspirado.

A proximidade com casos de sucesso será uma excelente forma de garantir que se sente mais estimulado e ativo, fazendo com que crie movimento e atue no sentido de conseguir, também, atingir um patamar positivo.

A ideia de que a ação gera mais ação é justamente o motivo pelo qual deve sempre procurar o apoio de outras pessoas, que o ajudem a recordar que, por mais difícil que seja o caminho, a conquista dos objetivos é possível e depende apenas de si, da sua motivação e da sua força.