Esta brincadeira é um clássico de lojas de pegadinhas e nas lojas de mágicas: a tinta que desaparece. Há algo muito engraçado em esguichar “tinta” azul escura na camisa de alguém, para que ela desapareça como mágica. O melhor de tudo é que há realmente uma ótima química ácido-base por trás de toda a diversão e uma oportunidade de aprender mais sobre a química.

Como fazer a violeta que desaparece?

Adicione 1 grama de timolftaleína em 100 mL de álcool etílico. A solução exigirá agitação para dissolver todo o pó.

Adicione 900 mL de água à solução e mexa. Não se preocupe se a solução parecer branca, isso ocorre porque o indicador de timolftaleína não é solúvel em água. Não se preocupe, o próximo passo irá corrigir tudo.

Adicione lentamente 10 mL de hidróxido de sódio 3 molar à solução para transformar o líquido em azul escuro.

Cuidado: O hidróxido de sódio (vulgarmente conhecido como soda cáustica) é uma solução cáustica e deve ser manuseada por um adulto. Uma vez que o hidróxido de sódio é diluído com água, a solução é segura para uso como tinta que desaparece, mas é preciso ter cuidado porque o pH da solução de tinta é de cerca de 10 (básico). Certifique-se de lavar bem as mãos com água depois de manusear a solução mais concentrada.

Experimento químico da violeta que desaparece: cuidados e testes

Sempre teste a tinta que desaparece em um pequeno pedaço de tecido branco para garantir que ela realmente desapareça. Em alguns segundos, a mancha de tinta desaparecerá. A cor desaparecerá mais rapidamente se você aplicar uma bola de algodão umedecida em vinagre ou se soprar no local (o dióxido de carbono na respiração é o segredo!).

O pH da solução de tinta é 10-11, mas após a exposição ao ar, o pH cai para 5-6. O local úmido acabará secando. Um resíduo branco pode ser visível em alguns tecidos escuros. Certifique-se de armazenar a solução de tinta que desaparece em um recipiente fechado. Todos os materiais podem ser derramados com segurança pelo ralo.

Tinta que desaparece

Crie a tinta violeta que desaparece para se divertir com este experimento. (Foto: Shutterstock)

Como funciona o experimento da tinta que desaparece?

O segredo para fazer a tinta desaparecer é o dióxido de carbono no ar, que reage com a água na solução para formar ácido carbônico. O ácido carbônico reage então com o hidróxido de sódio em uma reação de neutralização para formar carbonato de sódio. Isso diminui o pH da solução, com o álcool agindo como um ácido para tornar o indicador incolor e a mancha de tinta desaparece magicamente.

O “tempo de desbotamento” pode ser prolongado adicionando uma pequena quantidade (use gotas para fazer esses ajustes) de hidróxido de sódio. Mas deve-se tomar cuidado para não adicionar muito hidróxido de sódio.

Aqui está um fato divertido: tinta vermelha que desaparece pode ser feita usando fenolftaleína (um indicador ácido-base muito comum) no lugar da timolftaleína.

Em uma versão mais extrema, você pode usar um extintor de dióxido de carbono para fazer a mancha desaparecer muito rapidamente. Isso não deve ser feito por alguém que não tenha sido treinado adequadamente em como selecionar o extintor certo e em como usá-lo para esse fim.

E aí, o que acharam deste experimento? Quais outros experimentos acham legais? Compartilhem conosco suas ideias para que possamos fazer mais artigos com esses experimentos!