A sequência de músicas inesquecível: quem não quer isso para uma festa? Os melhores DJs passam dias, meses, e até anos estudando para construir suas músicas e uma playlist perfeita para festas. Conversamos com alguns bons DJs e músicos para reunir as dicas que você precisa seguir para fazer a playlist de música perfeita.

Conheça seu público

Quantos anos têm seus convidados e de onde eles são? Será que eles tem vinte e poucos anos, ou você vai ter sobrinhos e sobrinhas, até avós? Há uma boa mistura de várias gerações ou maior quantidade de uma ou outra?

Musicas para dançar em festas animadas: respeite as músicas que cada geração gosta

Converse com seus avós para ver o que eles gostam. Chame uma tia ou um tio e converse com eles. E o pessoal mais jovem que você, o que eles tem ouvido? Conheça o “top 40” de cada geração. Separar por décadas (70, 80, 90…) é um bom começo.

Visualize o resultado desejado

Como você quer sua pista de dança na festa: uma coisa mais organizada e social, com pessoas bebendo levemente, ou uma pista com loucos dançando, suando, e pulando? Certas música e conteúdo lírico podem evocar diferentes estados de espírito. Mantenha o seu estado de espírito desejado em mente na hora de selecionar o seu gênero de música e as músicas certas para sua playlist.

Sequência de músicas para festa: enfatize um gênero com o qual seu público se identifica, mas não fique só nisso!

Um dos DJs que nos ajudou a escrever este artigo afirmou, categoricamente: é um ERRO tocar só um estilo musical em uma festa. Ele enfatizou isso com exemplos de festas onde tocar funk por mais de 30 minutos afastou o público da pista de dança, mesmo sendo um público que gosta do gênero.

A dica aqui é diversificar, mas colocar sequências mais longas do gênero que seu público mais gosta. 10 a 15 minutos por vez, de um gênero que o seu público mais gosta, é ideal. Depois, vá alternando por 15 minutos outros ritmos, e volte ao gênero que você gosta. Diversificação é sinônimo para uma festa inesquecível!

Sequência de músicas para festas dançantes

Para realmente fazer as pessoas dançarem na pista, você precisará preparar uma playlist perfeita, com variações de ritmo e estilo. (Foto: americaneventsnetwork.com)

Como montar playlist para festa? Cronometre o tempo de empolgação, o tempo de descanso e claro, o tempo de paquera

Seus convidados vão dançar melhor, se puderem descansar para pegar outra bebida e refrescar-se. Inclua 2-3 conjuntos de música “dance”, com 50 a 90 minutos cada sequência, e 2 ou 3 intervalos de 15 a 30 minutos cada. Seus convidados não terão a energia para a festa sem parar por 4 a 5 horas seguidas. E mais: eles precisam de um pouco de tempo para conversar sem ter de gritar. É nessa hora que entram as músicas mais lentas, nos intervalos, mas em um volume mais baixo.

Calcule quantas músicas você vai precisar para sua festa

Músicas populares variam de 3-5 minutos, ou uma média de 3,5 minutos. Você pode encaixar cerca de 14 músicas em uma lista de reprodução de música de 50 minutos, 17-18 músicas em uma hora, e cerca de 28 em um conjunto de 90 minutos. Planeje 5-10 canções para cada intervalo, começando em ritmos mais tranquilos e gradualmente, aumentando a animação, para quando você voltar com a playlist animada!

Escolha as músicas

Com base no gênero e no público, você deve começar a escolher as músicas. Vários programas e serviços podem te ajudar a fazer a playlist, bem como baixar as MP3. Se você optou por contratar uma banda ou DJ, peça-lhes para acrescentar suas escolhas no repertório. Você provavelmente vai precisar de cerca de 45 músicas de dança e mais 15 a 20 músicas para tocar durante os intervalos.

Avalie suas músicas por nível de energia

Você não quer 5 músicas lentas seguidas, ou você vai aborrecer as pessoas. Muitas músicas rápidas seguidamente vai expulsar as pessoas da pista de dança. Para garantir que cada uma de suas canções favoritas impacte bem seu público, o contexto de cada música precisa de planejamento. Pontue cada música de acordo com a “energia” delas:

1 – Canção lenta, romântica, para dar uma relaxada no público.

2 – Canção lenta, mas que ainda deixa o pessoal animado para dançar um pouco. Exemplos são forrós mais românticos.

3 – Canção de rádio padrão: basicamente, as músicas que você ouve nas rádios, principalmente no Top 10.

4 – Músicas que começam a preparar terreno para as mais animadas. Black music, num geral, com passinhos de dança envolvidos, são ideais aqui.

5 – Músicas de tirar o pé do chão. Axé, funk, forró animado, pop rock, rock’n roll. É a música que todo mundo canta junto quando toca na pista de dança.

Organize suas músicas com base em playlists dos melhores DJs

Os melhores DJs de casas noturnas pelo mundo divulgam suas playlists online. Vale a pena seguir uma base para você entender bem como funciona a “fórmula” de escolha das músicas.

De acordo com as notas de energia das músicas, uma sequência possível de músicas com 90 minutos de duração deve seguir a seguinte ordem: 3, 3, 3, 4, 3, 4, 5, 2, 3, 3, 4, 5, 1, 5. Faça todas as sequências usando essa fórmula, mas nos intervalos, use algum ritmo mais tranquilo para seu público relaxar um pouco.

Prepare as playslitas

Sua lista de reprodução deve estar disponível online e offline, e você tem que ter pelo menos um backup da lista em um pen drive ou HD externo. Se você estiver mandando a lista para uma banda, envie com, pelo menos, 2 meses de antecedência, e o mesmo vale para o DJ.

Nossas dicas funcionaram na playlist de vocês? O que não funcionou?