Plasma? LCD? Ou a mais recente novidade: LED e OLED? Se você pensa em trocar de TV, esta é apenas 1 das escolhas que você terá que fazer. Tem muitos outros detalhes pra prestar atenção ao comprar um TV. Veja abaixo o que é essencial pra comprar certo.

Pelo menos em duas coisas as pessoas concordam: televisores não são baratos, especialmente os maiores, e ao mesmo tempo não dá pra imaginar uma casa sem televisão. Portanto, escolher o seu próximo aparelho pode ser uma tarefa difícil, principalmente porque você vai empenhar um bom dinheiro, e depois vai ter de conviver com o aparelho por um bom tempo.

As TV’s de tubo parecem definitivamente aposentadas. O principal problema com elas é a definição. Na melhor das hipóteses uma TV de tubo vai lhe oferecer algo em torno de 500 linhas de definição e isto se for um modelo chamado de TV-Monitor, geralmente bem mais caro e difícil de encontrar que os modelos que você vê nas lojas. Daí que se o tubo está com os dias contados temos as novas tecnologias que já nem são tão novas assim: o plasma e o LCD que oferecem resoluções bem maiores começando com 720 linhas de definição. A TV digital brasileira trabalha com esta definição: 720 linhas ou 1080i de resolução. Então para acompanhar as atrações que já estão em HD em sua qualidade máxima, você vai precisar mesmo de uma TV com estas características.

Pesquisando para comprar televisor

Antes de sair comprando uma televisão qualquer, pare para pesquisar as características mais importantes de um televisor, e escolha com mais sabedoria e economia. (Foto: www.gadgetreview.com)

E os modelos de TV full HD… servem pra quê então? Bem, atualmente a única fonte de material full HD no mercado brasileiro são os disos Blu-Ray, o sucessor do DVD, ou seja: se você vai assistir a filmes gerados por um Blu-Ray aí os modelos full HD fazem diferença.

E o tal conversor da TV digital?

Vale a pena pagar mais por um modelo que já tem o conversor embutido? O resposta é: depende! Se você tem TV por assinatura e não vai usar o sinal de antenas externas, não vale a pena gastar dinheiro a mais num modelo que já tenha o conversor embutido, pois você não vai usá-lo. Pra quem tem TV por assinatura, quem faz a conversão do sinal é a própria caixinha da TV. Os conversores da TV digital só servem pra quem usa antena externa e quer  captar o sinal HD que as emissoras já transmitem diretamente.

Um dos pontos mais polêmicos envolvendo as novas TV’s é a tecnologia: Plasma ou LCD? Muito já se falou sobre os dois. Há prós e contras nos dois lados. O plasma tem contraste melhor portanto é mais preciso em relação à cores. O LCD tem mais luz e por isso acaba se dando melhor em ambientes mais iluminados. Então, uma dica importante para se decidir entre uma tecnologia e outra é a luz do ambiente onde vai ficar a sua TV. Se for uma sala em que você consegue controlar a luminosidade talvez o plasma lhe deixe mais feliz. Se for uma sala comum em que entre mais luz, o LCD vai se desempenhar melhor.

Ainda falando da tecnologia, tem a mais recente (2010): a TV de LED. Ela é na verdade uma variação do LCD. Só que ao invés de ter duas lâmpadas acesas na parte de trás ela tem LEDs. Isto garante uma reprodução muito mais fiel das cores. Dá pra dizer que as TV’s de LED são sim superiores às TV’s LCD e aos modelos de plasma, ou seja: do ponto de vista da tecnologia o LED é mesmo melhor. O problema é o preço. Elas são mais caras que o LCD e bem mais caras que o plasma.

Como deu pra notar há uma infinidade de detalhes em que você precisa prestar atenção antes de escolher sua próxima TV. Uma dúvida que muitos tem é com relação ao tamanho da tela para o tamanho da sala. Há cálculos que ajudam você a definir isso. Tem gente que gosta de telas grandes, não importando o tamanho da sala. Eu sou um desses. Já há outros que preferem dimensões mais confortáveis, pra não ficar com aquele trambolhão no meio da casa.

Espero que o artigo ajude você a se decidir e que você possa comprar TV que melhor se encaixa em seu perfil! Comente e diga qual TV você tem e qual pretende comprar!

Nota do editor: recentemente, escrevemos um artigo sobre a troca da TV, falando também sobre as tecnologias OLED para televisores 4 k. Vale a pena dar uma olhada!

Um comentário para “Como escolher a melhor TV para comprar?”

  1. Eduardo

    O bom é sempre pesquisar bastante antes de comprar qualquer coisa, né? Eu pesquisei e acabei comprando uma Bordeless SL90QD de painel LED. Não me arrpendi! Foi uma otima compra! Tem muitas qualidades é bem colorida e etc.!