Recentemente fui duas vezes jogar paintball com alguns amigos em Belo Horizonte. A cidade é grande e oferece dezenas de locais para se praticar a atividade. Não vou citar os nomes de cada local, mas foram dois locais diferentes e foram as duas únicas vezes que pratiquei a atividade. Depois do primeiro, decidimos que iríamos trocar de local para ver se haveria um serviço melhor. Muitas pessoas que foram a primeira vez desistiram e não foram na segunda, cada um alegando um problema diferente.

Mas o que acontece realmenente no Paintball que desanima os praticamentes de primeira viagem?

Problemas do Paintball em 2 campos de Belo Horizonte

  • Roupas, máscara e colete sujos, fedorentos: está certo que parte da idéia do paintball é gerar emoção e lhe colocar em uma situação parecida com a de um soldado em guerra, que precisa se camuflar e encontrar o inimigo. Porém toda a semalhança com guerra deveria parar por aí! Não é necessário fornecer roupas sujas, máscaras com cheiro de saliva velha e um colete ainda mais imundo. As máscaras deveriam ser completamente higienizadas entre as partidas, deviam cheirar bem e parecerem novas, realmente limpas! Os coletes e a roupa precisam ser melhor lavados e desinfectados a cada dia. É muito fácil pegar doenças praticando paintball com as máscaras oferecidas nos locais como os que fomos.
  • Máscara embaçando demais: o mais importante no Paintball é se preocupar com a segurança, principalmente dos olhos e por isto a máscara é indispensável. O problema é que a máscara embaça com a respiração e logo você não conseque enxergar nada direito. O adversário sempre fica camuflado e já seria difícil de ver sem a máscara e, quando ela embaça nos primeiros 30 segundos de diversão, acabou toda a graça. Você não pode tirar a máscara em campo para limpar pois corre o risco de levar um tiro no olho. Você não consegue ver direito e portanto não atira e não sabe para onde correr. Em um dos locais em que fomos, ao reclamar disso o instrutor disse que a máscara dele não embaçava, mas era mais cara. Em outras palavras: todos os 10 jogadores estavam com máscaras de má qualidade e o instrutor com uma máscara boa que não tinha este problema. O cliente deveria ter prioridade. A maior parte dos jogadores teve uma péssima primeira experiência e não voltou mais ao paintball.
  • Muita demora entre as partidas: para jogar paintball você paga por hora e pela munição. Não adianta comprar 200 bolinhas se você fica mais tempo do lado de fora esperando todo o time recarregar e tentar limpar as máscaras embaçadas. Eu marquei e foram menos 35 minutos de partida em 1 hora de paintball! Dá pra melhorar muito se os atendentes forem bem treinados, tiver uma mesa grande para colocar os marcadores e facilitar os ajustes e recargas que precisam ser feitas.
  • Marcadores ruins e mal calibrados: nada pior do que ter a chance e não acertar o inimigo por culpa do equipamento. Os marcadores usados tem que ter qualidade e estar perfeitamente calibrados. A munição também tem que ser de qualidade, bem balançeada. Nos dois locais em que fui, mesmo com o marcador apoiado no chao e na mesma posição, um tiro a 5 metros acertava em locais totalmente diferentes a mais de 1 metro de distância do outro! Era uma arte conseguir acertar um alvo pequeno. Ao tentar trocar de marcador, o atendente disse que estava normal! No fim da atividade, eu falei com outro atendente e ele disse que eu devia ter falado com ele antes! O problema não foi só comigo e vários estavam reclamando de marcadores ruins.
Máscara para paintball

A máscara não deve embaçar com facilidade e tem que estar limpa!

Eu não sei se volto a jogar paintball, mas talvez eu ainda tente as chances em algum outro local da cidade. Gostei da experiência mas os problemas acima são realmente sérios, especialmente o primeiro que coloca a saúde em risco.

Se você está lendo isto e é dono de uma estabelecimento que oferece o serviço de paintball, considere rever a qualidade da prestação de seus serviços e poderá inclusive usar isto como diferencial em sua publicidade. Com certeza precisará investir em máscaras, marcadores e processos melhores, mas o bom resultado virá com a fidelidade dos clientes.

Você joga paintball? Quais os pontos positivos e negativos das experiências que você já teve?