A Rockstar, criadora do muito mais que conhecido Grand Theft Auto (ou GTA), acabou de ganhar um novo membro para sua coleção de sucessos. A franquia Max Payne, que até então era feito pela Remedy Entertainment, passou agora a ficar sob os cuidados da criadora dos melhores e mais falados jogos de ação.

Max Payne 3 se passa 8 anos após os eventos do último jogo e mostra Max Payne em uma fuga de si mesmo e de sua vida bagunçada em Nova Iorque. O ex-policial agora trabalha como segurança particular para uma família de milionários em São Paulo. Tudo ia muito bem até a esposa do seu chefe ser sequestrada por uma gangue de rua e uma série de eventos começarem a se desenrolar, puxando o anti-herói para todos os seus problemas de novo. Além de estar mais velho, o personagem agora está com um sério problemas com drogas e uma obsessão com analgésicos.

Screenshot Max Payne 3

Muita ação em terras brasileiras

Uma ótima novidade também é que a engine usada no jogo agora é a RAGE, mesma de GTA, o que confere uma jogabilidade muito interessante para o game. Isso também torna a interação com o cenário muito maior e acrescentou muitos mini-games.

Uma das atrações mais comentadas dos últimos jogos permanece nessa versão: o bullet time, efeito que mostra em câmera lenta e bem detalhadamente os inimigos sendo baleados.

Se você ficou interessado nos mini-games e conteúdo bônus, confira como destravá-los:

  • Dificuldade Hardcore: Termine o jogo na dificuldade Hard.
  • Dificuldade Old School: Termine o jogo na dificuldade Hard.
  • Liberar a opção “Character Select” (apenas no modo Arcade): Termine o jogo na dificuldade Medium.
  • Manha One Hit Kill: Termine o jogo na dificuldade Hardcore.
  • Manha Unlimited Painkillers: Termine o jogo na dificuldade Hard.
  • Max Payne Advanced Character Model: Termine o jogo na dificuldade Old School.
  • Modo New York Minute (apenas no modo Arcade): Termine o jogo em qualquer dificuldade.