Antes de mais nada, para comprar um home theater e uma TV você tem que considerar muitas coisas: o tamanho da sala, quanto você quer investir, qual a qualidade que você está buscando. E principalmente, a melhor posição para colocar seus mais novos apetrechos. Afinal, o home theater é um aparelho de cinema em casa e que nem todo mundo sabe configurar muito bem.

Ao definir o sistema que você comprará, determine antes quanto espaço você tem, lembrando de limitações como aparelhos de vídeo, caixas de som, cabos e a mobília onde eles ficarão. Além disso, tomadas não brotam de qualquer lugar e deixá-las a uma grande distância dos aparelhos eletrônicos pode não ser uma boa idéia.

Um móvel de madeira sólida é de lei para seu conjunto. A não ser que você prefira pregar sua TV na parede, o que também é uma boa opção. Mas deixe tudo longe do chão e da sujeira. Preste atenção onde serão posicionados os cabos e se serão necessárias modificações nas paredes ou no chão. Muitos optam por comprar carpetes e por baixo deles passar os cabos. Mas se você tem reações alérgicas com facilidade, pode não ser uma boa opção.

Posicionamento das caixas de som

Note que neste sistema temos um posicionamento frontal simples, com um subwoofer embaixo da TV e duas caixas frontais voltadas para o ouvinte. (Foto: hometheaterspeakerplacement.blogspot.com.br)

Não esqueça de que um no-break ou estabilizador garantirá que seus aparelhos eletrônicos não queimem de uma hora pra outra. Os danos de um pique de luz podem ser muito prejudiciais e a companhia elétrica nunca assumirá tais responsabilidades.

Faça medidas de sua sala para ter uma ideia do tamanho dos cabos. Já existem sistemas de som 5.1 e 7.1 com caixas wireless, mas nada comparáveis com um sistema cabeado. Alguns sistemas precisarão inclusive de mais de um tipo de cabo e você tem que saber de cor quais serão necessários para o conjunto e a quantidade correta.

Para quem tem salas maiores, um sistema 7.1 até 7.2 é uma ótima opção, criando um ambiente surreal de cinema com sons extremamente nítidos e de muita qualidade. Porém, para quem tem salas menores, um som 5.1 já é mais do que suficiente. Um som 7.1 ou 7.2 apenas ocuparia espaço desnecessário, já que você nunca utilizaria toda sua potência. Não esqueça de manter as notas fiscais dos seus produtos. Muito comum de alguns deles apresentarem defeitos logo nas primeiras semanas. E sem nota fiscal, a troca fica um pouquinho mais difícil.

Ao posicionar a TV, faça de forma que o espaço disponível seja suficiente para os assentos seja suficiente para amigos, familiares e convidados sentarem. Pense em uma média de visitantes para os jogos de domingo. Compre um sofá confortável. Para cada tamanho de TV, este deve ficar em distâncias diferentes, ou o Full HD no nome da televisão não adiantará para nada. Para uma TV de 40 polegadas, uma distância entre 2 e 3 metros é mais do que apropriada. A cada 10 polegadas, aumente a distância da tela entre 0,5 m e 1,0 m. A não ser que você deseje ver todos os pixels que formam a imagem na tela.

Escolha preferencialmente cabos HDMI. E não gaste mais de R$50,00 em cada um deles. Como transmitem dados digitais e não analógicos, a diferença entre cada um é muito pouca. E praticamente todos os cabos mais recentes são capazes de transmissões em Full-HD e em 3D. Prefira os cabos HDMI de alta velocidade (High Speed) devido as taxas de atualização dos monitores mais recentes.

Melhor posição para as caixas de som

Perceba neste diagrama, que está em inglês, o posicionamento das caixas para o sitema 5.1 e para um sistema 7.1 (com a palavra “optional” entre parenteses”). A distância da tela para o sofá está medida em polegadas (uma de de 48″ deve estar entre 2x e 4x vezes mais distante que a altura da tela). Um subwoofer extra pode ser adicionado do lado direito deste posicionamento. (Foto: fosgateaudionics.com)

Por fim, leia o manual de seu home theater. Todos eles possuem especificações técnicas sobre o produto além de indicações sobre como posicionar as caixinhas de som. Quando estas não forem existentes, posicione as caixinhas 5.1 da seguinte forma:

  • O Subwoofer (caixa de som responsável pelos sons mais graves) deve ficar na frente da audiência, preferencialmente abaixo da televisão;
  • A caixinha de som frontal deve ficar imediatamente abaixo ou acima da televisão, pois é responsável pelos sons principais de filmes, seriados, shows e demais programas que usufruem do sistema surround;
  • As duas caixas frontais laterais devem ser colocadas nos lados da televisão, de modo que o som esteja direcionado para o meio do sofá que estiver posicionado na frente da televisão ou, caso este não exista, para a parte da sala onde o público estará sentado;
  • As duas caixas laterais traseiras devem ser posicionadas atrás do público ouvinte, direcionadas para onde a audiência está.

Para sistemas 7.1/7.2, apenas adicione os seguintes passos:

  • O subwoofer extra, no caso do sistema 7.2, deve ser posicionado ao lado do primeiro subwoofer, logo abaixo da TV;
  • As duas caixas laterais devem ser posicionadas direcionadas para a parte central da sala, entre as caixas laterais frontais e as caixas laterais traseiras. Seu posicionamento pode variar para as laterais do sofá ou para a área mais central da sala, dependendo do gosto do dono.

Existem profissionais que cobram para este serviço. Eles também tem aparelhos que medem a qualidade do som em pontos importantes da sala. Mas caso você seja um usuário comum ou não tenha todo o dinheiro necessário, este posicionamento simples e prático garantirá um melhor proveito de sua sala de cinema.

A melhor opção é faze rum planejamento financeiro e ir comprando as peças do home theater devagar. Muitos preferem comprar as peças no exterior e trazer para o Brasil. Com um cartão de crédito internacional, é barato e não é difícil. Só cabe a você decidir qual comprar.