A escrita manual e sua assinatura refletem sua personalidade, além de darem um toque especial de marketing pessoal aos seus documentos e textos. Por isso, é importante melhorar a sua escrita para criar a melhor assinatura possível. Sabendo a técnica para melhorar a sua escrita irá permitir que você crie uma bela assinatura.

Criar rubrica pessoal: decidindo como ela será

Assinaturas diferem na aparência, bem como com o conteúdo. Uns colocam apenas o primeiro nome. Outras, abreviam o nome em poucas letras. Algumas criam assinaturas com o nome completo, mas estilizando as letras. Você tem que decidir como será estilizada sua rubrica antes de fazer uma, para não ter que refazer tudo do zero.

Como fazer uma rubrica bonita: pratique bastante!

Enquanto você pratica estilos para sua rubrica, você vai notar estilos diferentes e você pode decidir qual fica melhor, o que deve ser adicionado, e o que deve ser removido. Observe sua assinatura. O que precisa ser alongado ou encurtado nela? Você pode observar o seu estilo de fonte, formas, tamanho da rubrica, inclinação das letras, “pernas” das letras alongadas. O tamanho das letras podem revelar muito sobre uma pessoa. Se a assinatura é pequena, pode passar pouca imponência e presença. Se ela é muito grande, pode passar uma imagem arrogante, espaçosa. Tome um tamanho médio, que caiba em um máximo de duas linhas de um caderno normal.

Inspiração para assinaturas famosas

Algumas assinaturas de pessoas famosas, para te inspirar na hora de criar sua própria rubrica. (Foto: 7ry.dromgje.top)

Como criar uma assinatura pessoal manuscrita: pense na legibilidade da assinatura

Alguns têm assinaturas que são praticamente fontes de computador impressas. Outras são uma combinação de escrita com obras de arte. A combinação de elementos é uma tentativa de evitar que alguém copie sua assinatura. Outros tem assinaturas ilegíveis, quase um rabisco.

A melhor parte sobre uma assinatura ilegível, misturando a “arte manuscrita”, é que dificulta a falsificação da sua assinatura. A única coisa ruim, em outras situações, é que ninguém vai conseguir ler a assinatura. É importante expressar sua personalidade através de sua escrita e assinatura. Ela diz algo sobre quem você é, passa sua criatividade e sua confiança. Ser capaz de ler sua assinatura não é tão importante quanto a criatividade envolvida na criação dela.

Criar rubrica assinatura: estilos

Você mantém as letras juntas, ou você mantém elas mais afastadas? Você quer que sua assinatura seja difícil de ler, legível, ou ilegível? Deixar de fora algumas letras é uma maneira de fazer a sua assinatura difícil de decifrar. Com um movimento rápido durante a assinatura, você pode criar uma rubrica mais dispersa, só tome cuidado para que ela não fique uma linha reta, que não dá pra diferenciar letras de uma linha reta. A letra de cada pessoa é única. Você pode querer começar com uma assinatura clara, fácil de ler e de escrever. Depois disso, praticar um pouco de “desenho” na sua assinatura, estilizando ela melhor. Lembre-se: sua assinatura é sua logomarca pessoal, e os mesmos princípios para criação de uma logomarca funcionam para uma assinatura.

Ao praticar sua rubrica, faça mudanças nela

Comece com pequenas alterações em suas assinaturas. As alterações que você pode fazer, para começar a personalizar sua rubrica são:

  • Fazer as letras maiúsculas do seu nome maiores
  • Modificar a forma das letras arredondadas, tais como ‘U’, ‘O’, ‘B’, ‘R’, ‘C’ e ‘P’.
  • Colocar um círculo/perna nas extremidades das letras, especificamente ‘T’, ‘E’, ‘Y’, e ‘G’.
  • Colocar um sublinhado em partes específicas do seu nome.
  • Aplicar caligrafia e toques cursivos na sua assinatura.
  • Incorporar elementos decorativos e figuras.

Faça retoques na assinatura manuscrita final

Identifique as pequenas mudanças que você fez, e cuidadosamente determine se essas mudanças são satisfatórias para o que você quer como uma assinatura. Continue inventando estilos ou faça alterações com a sua assinatura até que estejam do jeito que você quer. Pratique sua assinatura mais e mais. Quando alterar a sua assinatura, certifique-se que você pode sempre repetir a nova assinatura, com todas as suas alterações, de forma consistente. Isto é importante, especialmente para assinar documentos. Se você não pode repetir a assinatura que você deseja, você deve limitar o estilo ou fazer alterações até que você possa controlá-las.

Se você tem problemas em repetir sua assinatura, mantenha pelo menos em grande estilo, sendo curto, mas criativo. O vídeo abaixo pode ser inspirador para você, com as dicas de um artista para fazer sua própria assinatura.

Inspire-se para fazer sua própria assinatura

A assinatura de Walt Disney é simplesmente a letra “D”. A rainha Elizabeth e têm a sua própria assinatura distinta. Vários desenhistas incluem seus personagens, em traços mais simples, em suas assinaturas. Veja fotos dessas assinaturas e se inspire para criar a sua.

Lembre-se que modificar a sua assinatura também envolve a atualização de documentos com a nova assinatura, bem como sua firma reconhecida em cartório. Você também pode ter que atualizar sua assinatura em bancos e instituições financeiras, para evitar problemas de verificação.

Como você criou sua rubrica? Quais de nossas dicas mais ajudaram?