Então você decidiu que quer aprender um segundo idioma. Ótimo pra você. Mas e agora? Como você vai fazer isso por conta própria? Você está apostando muito alto? Você pode realmente aprender uma língua sozinho? Sim, é possível, e para isto passa por apenas alguns procedimentos simples.

Como aprender um novo idioma rapidamente? Trabalhe com seu psicológico

Quando a maioria das pessoas pensa no estabelecimento de metas, coisas de curta duração provavelmente vem à mente. Muitos de nós partimos para conquistar o mundo quando estabelecemos algumas metas simples, seja aprender uma nova língua, limpar a casa, organizar o quarto, pagarmos algumas dívidas, etc. Mas algumas semanas depois, de alguma forma nos encontramos assistindo TV em vez de estudar, com o quarto totalmente desorganizado e a casa suja..

Mas por que isso acontece? É simplesmente uma questão de preguiça e fraqueza do caráter? Talvez para alguns. Mas o problema real para a maioria das pessoas são metas mal definidas. Embora a definição de metas não seja garantia de que você vai realmente alcançá-las, é um passo importante na direção certa.

Então, qual é o problema com a maioria dos objetivos e metas? Eles são vagos, não mensuráveis, inalcançáveis, irrelevantes para a vida de alguém, não tem prazo claro. Para evitar esses problemas, uma meta precisa ser:

  • Específico.
  • Mensurável
  • Alcançável
  • Relevante
  • Ter um tempo limite

Mas o que essas metas significam? Que ao invés de dizer que quer aprender inglês, você diz que vai ler notícias em inglês todos os dias por 15 minutos. Ou que você vai se dedicar a estudar com um professor particular duas vezes por semana. Isso são metas mais mensuráveis e fáceis de atingir.

Estude focando no processo, não no destino final

Definir metas é essencial, mas ao contrário da crença popular, imaginar-se atingindo esses objetivos não é realmente tão útil quanto você poderia pensar. Pensamento positivo é ótimo, mas o que acaba acontecendo para muitas pessoas é que eles inconscientemente pensam que já atingiram a meta, então por que trabalhar tão duro? Pode parecer loucura, mas é um fenômeno real. Assim, é importante definir metas, mas em vez de imaginar-se atravessando a linha de chegada, visualize-se correndo a corrida, passo a passo.

Aprender uma língua é uma aventura

Em vez de dizer a si mesmo que tem que estudar uma língua hoje, use um pouco de técnicas linguísticas e diga em vez disso que quer estudar uma língua. Sim, é uma pequena mudança, mas pode ter um efeito significativo na sua perspectiva e probabilidade de permanecer dentro do caminho certo. Lembre-se que as línguas são portas para novas terras, novas culturas, novos alimentos, novas músicas e, talvez, novos romances. Os minutos e as horas que você gasta hoje, vão te render muitas oportunidades no futuro.

Como aprender espanhol, inglês ou qualquer outra língua sozinho e rápido? Escolha atividades prazerosas

Se você não assiste novelas em sua língua nativa, por que você se forçaria assistir uma na língua que você quer aprender. Parte de tornar a aprendizagem de línguas divertida é fazer as coisas na língua que você faria de qualquer maneira, como atividades que trazem-lhe alegria e um sentimento de realização. Pode ser assistindo filmes, seriados, lendo livros, praticando esportes. O importante é combinar suas paixões com o aprendizado de uma língua.

Como aprender uma segunda língua

Aprender uma língua estrangeira é um desafio e tanto, mas pode se tornar um processo muito mais fácil com as dicas e processos certos. (Foto: The Conversation)

Coloque a língua que você quer aprender por todos os lados

Quando você faz seu idioma alvo a única opção de comunicação pelos seus dispositivos, você não tem qualquer outra escolha além de começar a exposição a ela todos os dias. E uma das melhores maneiras de limitar as escolhas e maximizar o aprendizado é mudar todos dispositivos eletrônicos, tais como TV, filmes, revistas, blogs, podcasts, computadores e smartphones para o idioma que você quer aprender. Aplicativos, vídeos na internet, músicas, e muitas outras ferramentas podem fazer parte do seu aprendizado. É só adaptar ao seu gosto pessoal.

Rotule itens na sua casa no idioma de destino

Uma ideia antiga, mas que ainda funciona. Assim como a alteração do idioma de dispositivos aumenta a exposição ao vocabulário contextual ao longo do dia, itens rotulados em sua casa e no escritório atingem muito do mesmo objetivo. A diferença, é claro, é que esses rótulos estarão fornecendo menos entradas centradas em tecnologia, o que significa que você aprenderá muitos vocabulários úteis da vida real que são necessários se você viajar ou for morar no exterior.

Para começar, use etiquetas de vocabulário duráveis e removíveis que lhe ensinam os nomes dos itens mais importantes em sua casa e escritório, para a aprendizagem de linguagem sem complicações. Adesivos coloridos ainda podem ajudar a ensinar a conjugação correta de verbos e pronomes, caso precise.

Crie novos hábitos para aprender uma segunda língua

Criar novos hábitos (ou abandonar os antigos) pode ser uma tarefa extremamente difícil, mas existem alguns truques para colocar as coisas a seu favor. Criando lembretes visuais constantes em seu ambiente é um começo, usando flashcards, revistas, ou apps na tela de abertura dos seus dispositivos. Crie algumas pequenas frases usando uma língua de destino de sua escolha: quando você faz X, então você faz Y; ou todas as ações que você pode fazer em uma cozinha ou outros cômodos da casa.

Aprender outro idioma: seu cérebro funciona melhor quando você monitora seu progresso em horas, não em meses ou anos

A maioria das pessoas assume que levará anos para aprender uma língua estrangeira. E com certeza, parece levar. A maioria das pessoas demorou pelo menos alguns anos para chegar a fluência conversacional em uma língua estrangeira. Mas isso é porque a maioria das pessoas só coloca algumas poucas horas de estudos por semana.

Mas se você fez a aprendizagem de línguas sua prioridade número um e colocar em pelo menos uma hora todos os dias, você seria capaz de alcançar seus objetivos de fluência muito mais rápido. Esqueça anos. Tais medidas de tempo são muito grandes e intimidadoras demais para ser boas para te motivar seu aprendizado.

Em vez disso, tente manter o controle de quantas horas você gasta ativamente aprendendo o idioma a cada dia. Se você não está melhorando tão rápido como você quer, a resposta é muito provável que você não está colocando horas suficientes a cada semana. Mas a menos que você monitore seu tempo, você não saberá.

Registre suas falas e produção pelo menos uma vez por mês

Embora existam muitas maneiras de medir o seu progresso, a linguagem não planejada é de longe o melhor teste do seu nível real em uma nova língua. Não importa qual dispositivo você usa, seja um smartphone, gravador ou tablet, apenas certifique-se de fazê-lo em intervalos regulares. Uma vez por mês é suficiente haja tempo suficiente para ver, ou melhor, ouvir, seu progresso observável.

Escreva um diário em seu idioma de destino

Embora a capacidade de falar seja o principal objetivo para a maioria dos aprendizes de línguas, as habilidades de escrita não devem ser subestimadas. Manter um diário em seu idioma estrangeiro é uma ótima maneira de melhorar suas habilidades de trabalhar as palavras, enquanto também medindo o seu progresso ao longo do tempo. A escrita não precisa ser bonita e fluida. A única exigência é que você comece a colocar palavras no papel ou na tela em uma base diária. Meses mais tarde, você pode então voltar e rever o que você escreveu anteriormente e poderá ver sua melhora de desempenho

Busque oportunidades de comunicação

Você pode aprender uma língua estrangeira sozinho, mas não isoladamente. Você deve aplicar o que aprende interagindo com falantes nativos. Você não precisa assistir a aulas formais para fazer isso. Skype, redes sociais, programas de bate papo, e muitas outras ferramentas  Você deve lembrar que aprender sozinho não é só chato, é também uma receita para o fracasso. Tendo pelo menos um amigo aprendendo o mesmo idioma que você significa que você terá um confidente confiável para compartilhar suas facilidades, dificuldades, e recursos. Além, é claro, de permitir um pouco de competição amigável.

Consistência é importante para o aprendizado de uma segunda língua

É melhor estudar cinco horas por dia do que cinco minutos? Certo. Mas também é melhor estudar cinco minutos por dia do que não estudar nada. Não importa quantos desafios você passa por dia, faça o seu melhor para encaixar pelo menos um pouco de estudo de linguagem todos os dias. Mesmo que isso signifique apenas a revisão de vocabulário básico. Quando você perde completamente um dia, é muito mais provável que perca o próximo, e depois o próximo, e assim por diante. Não se deixe enrolar com isso.

Use momentos ocultos ao longo do dia

Momentos ocultos são uma ótima maneira de espremer um tempo de aprendizagem de línguas, mesmo na programação mais movimentada. Toda vez que você se encontra à espera de alguma coisa (pode ser esperar na fila ou à espera do elevador, passe por algum vocabulário ou ouça uma música ou podcast. Alguns segundos aqui, alguns minutos lá, podem todos se somar em grandes quantidades até o final de um dia.

Estude logo pela manhã

Literalmente coloque a aprendizagem de línguas em primeiro lugar para o seu dia. Antes de fazer qualquer outra coisa em seu dia, certifique-se de que você gasta um pouco de tempo ouvindo, falando, lendo ou escrevendo. Dessa forma, não importa quanto trabalho você acabar tendo que entregar no escritório, você já terá realizado seu estudo de línguas diário.

Ajudou? Você está já estudando sua segunda língua? O que está fazendo pelo seu aprendizado?