A verdadeira chave para aprender algo rapidamente é tomar uma abordagem deliberada e inteligente para o seu aprendizado. Para ajudá-lo a usar um método de aprendizagem rápida, vamos indicar as maneiras diferentes para aprender e trabalhar o conhecimento com muito mais facilidade.

Técnicas de aprendizagem acelerada: como fazer?

Você precisará obter informações específicas sobre a habilidade ou conhecimento que você gostaria de aprender. Escrever apenas, por exemplo, é um pouco vago. Você quer aprender a escrever poemas? Escrever para blogs? Artigos? Livros? Você quer aprender matemática mais rápido? Qual matérias da matemática? Cada habilidade ou conteúdo é diferente e exige que você tome diferentes passos. Depois de ter uma habilidade específica ou conteúdo em mente, siga as etapas abaixo para aprendê-los rapidamente.

Métodos de aprendizagem rápida: quebrando a habilidade em partes

Desconstruir uma habilidade em pedaços menores não faz apenas a habilidade parecer mais manejável. Isso também permite que você distinga as coisas mais importantes que você precisará aprender. A maioria das coisas que pensamos como habilidades ou um conteúdo são realmente grandes pacotes de habilidades que exigem todos os tipos de coisas diferentes. Quanto mais você pode quebrar uma habilidade ou conteúdo, mais você é capaz de decidir sobre quais partes daquele conhecimento vão mais te ajudar a chegar aos seus objetivos.

Então, você pode praticar essas coisas primeiro. O resultado? Você será capaz de melhorar seu desempenho em menos tempo.

Por exemplo, digamos que você quer aprender a fazer cálculos integrais na matemática. Você pode quebrar esse conteúdo em componentes como a leitura da matéria, anotações adequadas, significado dos símbolos nas fórmulas, exercícios resolvidos, exercícios orientados e assim por diante. O que é mais importante entre essas habilidades? Resolver exercícios, é claro, mas essa habilidade depende de compreender a matéria e suas anotações. Se você não tem certeza do que as partes mais importantes de sua habilidade ou conteúdo, então reserve essa peça para a próxima etapa. Mas sempre comece os estudos quebrando as habilidades.

Aprendizagem rápida com um perito no assunto

Não importa qual habilidade ou conteúdo você queira aprender, há provavelmente alguém que já é bom nisso. A maneira a mais rápida de começar bom em algo é encontrar uma pessoa que já tenha atingido os resultados que você quer, ver onde eles já estão no nível de conhecimento, e modelar seu próprio conhecimento ao molde dessas pessoas.

Não importa qual seja sua idade, gênero ou origem: a modelagem lhe dá a capacidade de acelerar seus sonhos e conseguir mais em um período muito mais curto de tempo. Aqui é onde você pode se inscrever para aulas particulares, fazer um grupo de estudos com um amigo ou colega de trabalho que já é bom na habilidade ou conteúdo que você está procurando aprender, assistir a um filme ou documentário que fale sobre um perito no assunto, e assim por diante. Há uma tonelada de possibilidades diferentes de como aprender de alguém que já chegou onde você quer estar e graças à internet, você tem um mundo de recursos disponíveis para você.

Se você não conhece ninguém pessoalmente que seja um especialista na habilidade ou conteúdo que você quer aprender, então você terá que fazer alguma pesquisa. Passe algum tempo pesquisando online e você provavelmente começará a ver os nomes aparecerem, e então você poderá estudar. Você também pode literalmente procurar especialistas online em fóruns e comunidades especializadas nas mais diversas habilidades e conteúdos.

Como aprender mais rápido

Aprender mais rápido é possível quando você dedica tempo e esforços para um bom planejamento de estudos. (Foto: PrepSmarter)

Aprenda mais rápido diversificando as fontes de conhecimento

Estudos mostram quanto mais maneiras diferentes você experimentar um pedaço de informação, mais provável que você conseguirá mantê-la. Por quê? Porque diferentes meios ativam partes diferentes de nossos cérebros, e quando diversas partes diferentes de nossos cérebros estão trabalhando imediatamente, nós podemos reter o conhecimento melhor e recordar coisas mais rapidamente.

Então não basta ler livros e artigos relacionados à sua habilidade ou conteúdo. Experimente ouvir podcasts, assistir a vídeos, usar aplicativos para praticar e até fazer anotações enquanto você aprende.

Passe um terço do seu tempo pesquisando, e dois terços do seu tempo praticando

Você só pode aprender muito sobre uma habilidade ou conteúdo apenas pesquisando. Você pode gastar todo o tempo que quiser sobre como fazer um cálculo estequiométrico, por exemplo, mas na hora de fazer o cálculo não conseguir fazê-lo de primeira porque a prática leva à perfeição. Se você está começando do zero, obviamente você tem que fazer alguma pesquisa primeiro, caso contrário você não saberá por onde começar. Então, qual é a proporção certa entre prática e pesquisa?

Você deve gastar apenas um terço do seu tempo estudando algo, e os outros dois terços do seu tempo realmente praticando.

Nosso cérebro evoluiu para aprender fazendo as coisas, não ouvindo sobre elas. Se você quiser, por exemplo, memorizar uma regra, é melhor gastar 30% do seu tempo lendo sobre essa regra, e os outros 70% de seu tempo testando-se sobre esse conhecimento.

Aprenda o suficiente da teoria para ser capaz de reconhecer erros e se auto-corrigir. Depois de chegar a esse ponto, você pode passar a concentrar-se a maior parte do seu tempo praticando.

Pratique pelo menos 20 horas por mês

Para ser bom em algo, leva cerca de 20 horas de prática focada e deliberada. Então, uma vez que você entrar na fase de prática, tome como um compromisso para a prática de pelo menos 20 horas antes mesmo de pensar em desistir. É um compromisso de 40 minutos por dia, espalhados por um mês.

Esse compromisso de tempo é a parte onde as pessoas tem mais problemas, mas também é a chave para o sucesso. Não é necessariamente divertido praticar a mesma habilidade ou conteúdo várias vezes, dia após dia. Há uma barreira da frustração, que é quando sentimos que não estamos melhorando rapidamente, apesar de cometermos muito tempo e esforço. Isto é onde nós perdemos a confiança e é onde nós tendemos a parar.

Essa frustração é uma barreira ao progresso. Mas se você se comprometer previamente a gastar pelo menos 20 horas praticando a habilidade, você terá uma chance muito melhor em ultrapassar a barreira nesses momentos de frustração.

Obtenha feedback sobre seu desempenho

Uma vez que você entrar na fase de prática, certifique-se de que você está buscando feedback sobre o seu desempenho e corrija os erros antes que eles se tornam enraizados. Feedback pode vir de um mentor, um treinador, um amigo, de muitas fontes diferentes, dependendo da habilidade que você está aprendendo. Mas o objetivo aqui é aprender onde você está cometendo erros que você não sabe que está fazendo, e aprender estratégias corretas ou alternativas para corrigi-los. Quanto mais rápido você for capaz de obter feedback e corrigir seus erros, mais rápido você vai melhorar.

Estabeleça prazos para o aprendizado

O trabalho se expande para preencher o tempo disponível para sua conclusão. Lembre-se do trabalho de faculdade que você tinha todo o semestre para escrever, e ainda assim você acabou escrevendo a coisa toda no fim de semana antes da data de entrega.

O truque para trazer essa regra para seu favor é estabelecer prazos para si mesmo. Quando você se dá menos tempo para fazer algo, vai fazer você fazer isso de forma mais eficiente. A maneira mais eficaz de fazer isso é planejar algo com antecedência de forma a exigir que você pratique com mais eficiência. Por exemplo, quando você decidir que pretende se tornar um orador público melhor e mais experiente, planeje eventos onde você vai usar essa habilidade em diferentes ambientes. Em vez de procrastinar, marque oportunidades reais para praticar o conteúdo aprendido, eventos dos quais você não possa fugir, que vão te forçar a gastar tempo para preparar e aprender.

Ou, você pode gravar vídeos ou manter um caderno com anotações sobre sua evolução, e comparar ao final de um período. Procurando maneiras de colocar pressão sobre si mesmo em períodos mais curtos de tempo? Tente usar a técnica de Pomodoro, uma técnica de gestão do tempo baseada em períodos de trabalho sem distrações, seguidas por pequenas pausas. Usar um cronômetro para o seu tempo de estudos é também uma boa forma de trabalhar seu conhecimento.

Foco é a chave para aprender mais rápido

Para aprender rapidamente, será importante comprometer seu foco completo e atenção para o tempo que você gasta pesquisando e praticando sua habilidade. É mais fácil dizer do que fazer graças aos nossos intervalos de atenção curta e dispositivos com constantes notificações.

Ser multitarefa é um mau hábito comum do qual todos nós somos culpados, mas a pesquisa mostra que pode nos tornar muito menos eficaz e aumentar os erros, para não mencionar o aumento no estresse. Se você acha que você é uma exceção, considere o seguinte: Apenas uma pequena parcela da população é realmente capaz de fazer multitarefa de forma eficaz. Para a grande maioria, tudo o que a multitarefa faz é reduzir a eficiência das tarefas e aumentar a quantidade de erros cometidos..

Para ajudá-lo a permanecer focado quando estiver trabalhando em sua habilidade, comece por guardar seu telefone celular e remover notificações do computador se estiver usando. A técnica Pomodoro também pode ser útil aqui.

Durma o suficiente para aprender melhor

O sono desempenha um papel importante na nossa capacidade de aprender novas informações e habilidades. Quando estamos acordados, novas situações e estímulos podem impedir que novas memórias se consolidem em nossas mentes. Mas quando estamos dormindo, somos melhores em consolidar memórias novas. Alguns cientistas acreditam que o cérebro pode realmente mudar sua própria estrutura e organização em resposta a mudanças dentro de nossos corpos e em nosso ambiente, como quando nós estamos aprendendo uma habilidade ou conhecimento novos.

Esta é uma teoria chamada teoria da plasticidade do cérebro, e sugere que essas mudanças organizacionais e estruturais importantes em nosso cérebro acontecem quando estamos dormindo. Sem um sono adequado, temos dificuldade em aprender algo novo porque o nosso cérebro não tem a oportunidade de rever e absorver as novas informações.

Quando você dormir o suficiente enquanto você está aprendendo algo novo, você será capaz de consolidar essas memórias mais rápido e cometer menos erros em geral.

Não desista do aprendizado

As pessoas param de tentar aprender algo porque ficam sem tempo, ficam sem dinheiro, ficam com medo, não levam a sério ou perdem o interesse. Quando experimentamos a oportunidade de aprender algo novo, entramos em uma fase de lua de mel com aquele conhecimento. Estamos condicionados para apreciar e procurar a novidade, porque ela nos faz sentir bem.

Mas quando a “fase de lua de mel” desaparece é quando experimentamos a barreira de frustração. Nosso progresso diminui, nós ficamos frustrados, e muitos de nós desistimos.

É exatamente por isso que precisamos nos comprometer por 20 horas de prática antes de desistir de um conteúdo ou habilidade. Certifique-se de manter o controle desse tempo para ajudar a motivá-lo quando você sente uma barreira de frustração chegando e lute para manter o conhecimento. O compromisso através desses momentos de fraqueza mudam qualquer pessoa quando se trata de ficar bom em uma nova habilidade ou conteúdo.

Quais são suas dicas para aprender novas habilidades ou conteúdos rapidamente? Como você faz para aprender novos conhecimentos?