Operador Bastardo do Inferno: o retorno

Então, estou em meu escritório novamente, reconfigurando o roteador, quando o telefone toca. Já imagino o que irá acontecer. Obviamente terei de mudar o número de meu ramal outra vez…

Atendi.

“Desembucha.”

“É o engenheiro de redes?”

( Suspiro )

“Sim, é.” disse, me preparando para meu destino.

Eu verifico o telefone. Não aparece nenhum nome, o que só pode significar uma coisa.

“Você é novo por aqui, não é?”

“Sim, como você sabia?”

“Um palpite de sorte. Me diga, quem lhe deu meu número?”

“Ah, eu chamei o helpdesk”

Que prestativo da parte deles…

“De qualquer forma, estou ligando porque você tem um problema na rede.”

“Não. Nenhum problema aqui.”

“Você tem um problema. Não consigo colocar meu PC para funcionar.”

“Vejamos isto de forma lógica” eu disse “Você não consegue usar seu PC, portanto, EU tenho um problema.”

“Sim, sim… com a rede. Provavelmente há um conector solto em algum lugar por ai”

Símbolo do operador bastardo do inferno

Até emblema o operador bastardo do inferno já tem! Quem sabe não chegou a hora de transformar ele em um super herói? (Foto: bastardoperatorfromhell.us)

De todas as coisas que REALMENTE me irritam, as teorias do “conector solto” e do “cabo partido” estão no TOPO da lista. Ele obviamente pensa que meu dia consiste em ficar sentado em uma sala de comunicação, consertando cabos partidos para melhorar os serviços de rede.

A próxima coisa que ele deve dizer é que o hub pode com problemas

“Hei, talvez você devesse checar o hub…”

Um pouco de conhecimento pode ser uma coisa perigosa.

“Não é isso! Você deve ter chutado o cabo de rede” Eu digo.

“Não pode ser!” ele retruca

“Você chutou o cabo de rede.” Eu repito.

“Todos os cabos estão licagos em meu PC…”

“Você chutou o cabo de rede.”

“… e todos eles vão parar numa caixa no chã… Oh.. Ei, eu chutei o cabo de rede!”

“É claro que chutou. Isto acontece porque o cabo é do tipo par trançado, e fios trançados de seu cabo fazem o seu comprimento efetivo reduzido. Da mesma forma que os cabos espiralados do telefone”

“Oh, certo! Eu acho que li algo a respeito.” Que paspalho…

“Há algo que eu possa fazer para resolver este problema?” ele pergunta.

“Bem, tudo que você precisa fazer é desplugar o cabo do chão e dar um puxão realmente forte. Então os fios trançados ficarão em linha.”

“Mas isto não vai danificar o equipamento?”

“Claro que não. O conector na outra ponta é feito para soltar-se quando uma tensão muito grande puder danificar o cabo!”

“Ok.. lá vamos nós…”

< CRASH!! >

“EI! A MAQUINA CAIU NO CHÃO E UMA PLACA ESCAPOU DA PARTE TRASEIRA DELA!”

“Ah, bem, você obviamente puxou com força demais” eu digo calmamente

“O QUE EU VOU FAZER? É MEU PRIMEIRO DIA!”

“Eu não sei. Parece um problema de hardware. Eu sou apenas um administrador de rede”

“Mas…”

Eu desligo. E hora de acertar as contas com o helpdesk. Primeiro passo: dar um pulinho na sala de comunicação e dar uma mexidinha em uns cabos e derrubar a rede deles. Passo dois: ajustar o sistema de telefonia para desviar as chamadas para o chefe”.

Alguns segundos depois eu ouço o telefone do chefe tocando. Eu dou ao chefe cerca de 10 minutos de usuários irados e me vejo passando por perto e mencionando como o pessoal do helpdesk merece uma lição para distinguir o que é engraçado do que não é. Desviar seus telefonemas para a mesa do chefe em um pane na rede NÃO É. O pessoal de helpdesk procurando vagas no mercado de trabalho, isso sim…

Meus pensamentos são interrompidos pelo telefone vermelho. Obviamente o chefe.

“É o engenheiro de redes?”

“Certamente. Em que posso ajudar?”

“Estou ligando porque você tem um problema na rede.”

“Nós temos?” (cof cof )

“Sim, provavelmente há um conector solto em algum lugar por ai”

(Suspiro)

Lá vamos nós de novo…

Ainda temos mais histórias do Operador Bastardo do Inferno! Leia e ria bastante!