Jogos no estilo crossover (que misturam elementos de duas franquias distintas) nem sempre dão um bom resultado, sendo uma aposta muito arriscada. No caso de Street Fighter Vs. Tekken esta situação não acontece. Por mais estranho que possa parecer, a junção dos dois jogos de luta resultou em um game bastante satisfatório, cheio de possibilidades e jogabilidade renovados, unindo apenas os melhores elementos das duas franquias.

Desenvolvido para Playstation 3, PC e Xbox 360, Street Fighter Vs. Tekken traz além dos protagonistas de cada uma das séries (Ryu, Ken e Chun-Li no time do Street Fighter e Kuzuya, Heihashi e Yoshimitsu do lado de Tekken) vários personagens secundários e muitas lutas alucinantes.

Street Fighter Vs. Tekken

Dois cenários diferentes se enfrentando

O jogo conta com cenário 2D e jogabilidade 3D e algumas das novidades de jogabilidade são que aqui o round acaba quando o jogador ativo é nocauteado, sem chamar o jogador secundário como acontece na maioria dos games de luta. Além disso o game criou um poder chamado Pandora que consiste em sacrificar um dos lutadores da dupla para que o outro ganhe um alto bônus em força e velocidade, que apesar de durar pouco tempo pode ser decisivo em uma partida.

Confira este vídeo que mostra os principais combos do lutador Jin.

Um dos pontos interessantes que pode ser observado no jogo é como a jogabilidade abrange todo tipo de jogador, desde aqueles que usam mais clássica e antiga tática de todos os jogos, que é apertar todos os botões do controle aleatoriamente até aquele que faz questão de saber quais são os combos de golpes de cada um dos lutadores. Para estes últimos o jogo conta com um modo muito interessante, chamado Trial, onde você vai poder treinar e descobrir as combinações para todos os golpes.

Se você está por fora dos jogos que fazem parte de Street Fighter Vs. Tekken, confira o artigo que conta toda a história de Tekken, desde o primeiro episódio.