Se você nunca antes se colocou a aprender a cozinhar, a construção de um hábito de cozinhar pode parecer bastante assustadora. Mas o primeiro passo na construção de um hábito de cozinhar sustentável é enfrentar seus desafios de frente e chegar a soluções racionais.

As dicas abaixo foram reunidas baseadas nas minhas próprias experiências com a cozinha e na experiência de vários chefes conhecidos ao redor do mundo. Leia e siga cada uma delas para ter sucesso como um bom cozinheiro.

Quero aprender a cozinhar: separe tempo para o aprendizado

Comece a registrar o que você prepara todos os dias quando você chegar em casa, juntamente com uma estimativa aproximada de quanto tempo você gasta fazendo cada atividade. Não deixe nada de fora. Você sai para beber com os amigos? Assistir TV? Jogar jogos em seu telefone? Anote tudo.

Em seguida, olhe para cada item da lista e pense se é ou não é mais importante para você do que aprender a cozinhar uma boa refeição. Talvez você possa cortar 30 minutos de assistir TV, ou parar de jogar alguns joguinhos no celular.

Prioridades em ordem, você deve se comprometer a experimentar na cozinha todos os dias, todas as semanas. Essa experimentação vai te permitir aprender habilidades essenciais a um cozinheiro, como a mistura de temperos, o tempo certo para cozinhar certos alimentos, corte de carnes, etc. Sem a prática, não há a perfeição na cozinha. Vale estudar qualquer coisa: desde tipos de facas até os melhores tipos de carne para churrasco, diferenças entre assar e grelhar, e por aí vai!

Limpando a cozinha depois de cozinhar

Quando a limpeza da cozinha é uma desculpa para você não separar tempo para o aprendizado, é importante mudar o comportamento. Quase sempre, durante o preparo de uma refeição saudável, você terá tempo livre para limpar as vasilhas. Seja enquanto você espera a água ferver ou após colocar a carne no forno, use esse tempo livre para já ir limpando as vasilhas sujas e a cozinha

Pense em como a limpeza pode ser uma oportunidade e não uma tarefa árdua. Coloque alguma música, dance enquanto você limpa, e transforme a limpeza em um momento divertido, uma experiência relaxante.

Se tudo isso falhar, as pessoas que moram com você, como colegas de república, familiares, namorados, maridos, esposas, filhos, podem ser incluídos no processo de cozinhar, e você pode delegar a limpeza da cozinha para eles, enquanto você prepara deliciosos pratos.

Depois de incorporar a atitude de lavar pratos em sua rotina de cozinhar, estas tarefas se tornarão uma parte natural do processo, e você não vai pensar duas vezes sobre a dificuldade de manter a cozinha limpa.

Como aprender a cozinhar

Cozinhar é um processo que demanda muito ensaio e erro. Quem está aprendendo a cozinhar deve dedicar bastante tempo e paciência à tarefa, porque vai exigir muito de você. (Foto: www.eatwell101.com)

Aprender a cozinhar do zero: começando pequeno

Todo mundo deve começar na cozinha com algo realmente fácil de fazer, como tirar uma panela e colocá-la no fogão todos os dias. Sério, é começar pequeno nesse nível. Só depois de fazer isso por uma semana é que uma pessoa aprendendo a cozinhar deve começar a ferver a água, adicionar os ingredientes, e realmente fazer algo para comer. Você pode escolher colocar os talheres sobre a mesa, separar corretamente os utensílios de cozinha, aprender como funciona um fogão. Ao começar pequeno, o cozinheiro constróis os hábitos fundamentais que eventualmente levam à maior confiança na cozinha.

Ao ter expectativas demais na cozinha, quando as pessoas sem qualquer tentativa experiência culinária querem aprender a cozinhar, eles pensam erradamente que precisam saber receitas e técnicas extravagantes. Nas primeiras tentativas grandiosas, essas pessoas acabam errando feio, enquanto preparam algo complicado. Isso deixa qualquer um sobrecarregado e com vontade desistir. Mas “aprender a cozinhar” não é realmente sobre como estudar ou ler instruções, é sobre como fazer. Você vai aprender novas habilidades e se tornar eficiente à medida que avança. É apenas uma questão de disciplina e comprometimento, para fazer essas ações algo do seu dia a dia.

Aprender a cozinhar comida saudável: a importância de uma boa despensa

Invista tempo e dinheiro para carregar sua cozinha com ingredientes essenciais, tais como especiarias, farinha, açúcar, e assim por diante. Dessa forma, sua despensa estará repleta dos alimentos não perecíveis, e suas viagens ao mercado serão apenas para comprar frutas e verduras.

Para uma alimentação saudável, e para que você fuja das armadilhas do fast food, cozinheiros experientes estabelecem uma rotina de compras para que eles não tenham de reorganizar sua programação inteira a cada semana. Dessa forma, é mais fácil incorporar compras de supermercado em sua rotina regular, deixando o trabalho menos chato. Você ficará familiarizado com os supermercados, aprenderá a comparar preços de alimentos, e pode usar muito bem essa oportunidade para fazer um orçamento familiar mais organizado.

Utensílios para usar na cozinha

Tenha em casa um bom kit de utensílios para te ajudar. As ferramentas certas são essenciais para acertar nas receitas! (Foto: www.littleecofootprints.com)

Como aprender a cozinhar bem: a cozinha é um playground!

Dê a si mesmo espaço para brincar com os ingredientes e estilos de cozinha que te interessam mais, e lembre-se de que não há ninguém que pode te dar uma única maneira correta de fazer uma receita. Isso que deixa a cozinha divertida, a liberdade de experimentação e criação.

Ao fazer qualquer receita, você tem que lembrar que seu objetivo não é fazer algo extravagante toda vez que for cozinhar. Os melhores cozinheiros do mundo gostam de comer receitas simples, que eles fazem em poucos minutos. Depois de passar algum tempo na cozinha, você vai desenvolver uma compreensão dos processos básicos necessários para cozinhar, e se sentir confortável usando suas habilidades para experimentar.

Não tenha medo de errar na cozinha

Você vai lembrar que errar é uma importante parte do processo de aprendizado em uma cozinha. Muitas pessoas acham ovos mexidos fáceis de fazer, até que começam a ver receitas de grandes chefes e na hora de reproduzir a receita na cozinha…

Vai dar errado uma, duas, três vezes. Nesse meio tempo, procure ajuda no Google, em fóruns de culinária, com amigos. Faça cursos de culinária, se possível. Use cada receita como uma oportunidade de aprendizado. Só não se esqueça de ir anotando ou registrando o que você fez, para saber exatamente onde foram seus erros e acertos.

 

Cultivando o hábito de cozinhar

Nossa capacidade de controlar o fogo e cozinhar as refeições foi um dos fatores chave na evolução humana. Ao cozinhar as nossas refeições, nossos corpos, cérebros, uso do tempo e vidas sociais, mudou drasticamente. Hoje, não só você é um cozinheiro por natureza, como cozinhar é uma grande parte do que te faz humano. As experiências na cozinha, misturando temperos e ingredientes, são uma prática constante desse gene e de sua intuição, que vai se aperfeiçoando a cada dia mais. Seu paladar vai melhorando, e sua memória vai ajudando a lembrar quais gostos você mais gosta de associar, quais temperos ficam bons na sua comida, etc.

Paciência é a chave principal para aprender a cozinhar

Ninguém começa no atletismo sendo campeão, ninguém começa na cozinha sendo profissional. A primeira vez que você faz qualquer coisa é sempre difícil. Cozinhar, pela primeira vez, pode ser especialmente difícil, lidando com uma refeição não muito boa ou o desperdício de boa comida. Use esses momentos como uma oportunidade para lembrar de todas as outras vezes que você aprendeu algo novo. Afinal, aposto que você caiu de bicicleta enquanto aprendia a andar. Tenha em mente que cada fracasso é uma lição que vai fazer de você um melhor cozinheiro, e na próxima vez que você vai estar ciente do erro e tomar precauções para evitá-lo.

É sempre melhor fazer algo do que não fazer nada. Os primeiros passos podem ser facilitados com alguns procedimentos simples: mantenha a bancada da sua pia sempre limpa, e sem secadores de vasilhas, para você ter sempre um espaço para preparar os alimentos. Se sua bancada é pequena, uma mesinha dobrável pode ser uma boa pedida para sua cozinha. No armazenamento de utensílios de cozinha e vasilhas, seja criativo: ganchos nas paredes ou no teto podem ser usados para pendurar alguns deles, enquanto um rack com ímãs pode ser perfeito e seguro para colocar facas.

 

Por fim, um último conselho: concentre-se em receitas simples e com ingredientes limitados. Não só eles são mais fáceis de cozinhar, mas eles exigem maneira menos espaço para preparar. 3 a 4 ingredientes são receitas fáceis, enquanto 5 ou mais já podem dificultar bastante o preparo. Não adianta tentar começar a preparar um churrasco para 100 pessoas achando que, de cara, você já vai saber preparar tudo.

Como você pretende aprender a cozinhar? Por que quer aprender a cozinhar? Como foram suas primeiras experiências na cozinha?