A eletrônica digital está presente em praticamente todos os equipamentos: controles remoto (da TV, DVD, do portão eletrônico), alarmes (de casa, do carro), computadores, televisão, DVD’s, aparelhos de som, palms, celulares e telefones fixos, identificadores de chamadas, câmeras digitais, veículos automotores,
semáforos, terminais de autoatendimento, microondas, etc…

Todos os produtos citados acima necessariamente utilizam microcontroladores ou microprocessadores.

Qual a diferença entre microcontroladores e microprocessadores?

Um microprocessador apenas processa instruçoes e fornece o resultado desse processamento através dos seus pinos de saída. O microprocessador precisa de vários dispositivos externos para realizar as mesmas tarefas de um microcontrolador , que já tem dentro de si todos os periféricos de que necessita.

Existem microcontroladores com várias configurações: desde os mais simples com poucos blocos internos e pouca memória até os mais completos com váris tipos de dispositivos extras.

Microcontroladores para uso em circuitos

Na construção de circuitos, existem diversos tipos de microcontroladores para atender às diversas demandas do programador do circuito. As vantagens de seu uso são enormes! (Foto: www.arnerobotics.com.br)

Por que usar microcontroladores?

Os principais motivos para a utilização de microcontroladores são:

Custo reduzido: projetos com microcontroladores em geral dispensam diversos outros componentes, reduzindo o custo final.

Tamanho reduzido: microcontroladores são na verdade um grande circuito dentro de um único chip. Essa característica permite a confecção de placas com pouquíssimos componentes de apoio ao microcontrolador .

Praticidade: por se tratar em geral de circuitos digitais, o desenvolvimento de projetos com microcontroladores não esbarra em diversos problemas que geralmente ocorrem com outros tipos de circuitos.

Facilidade de desenvolvimento: apesar de ser necessário um certo conhecimento de lógica digital e de programação, dsenvolver um projeto utilizando microcontrolador é em geral mais rápido e fácil que de outra maneira. Além do mais, a maior parte dos projetos que utilizam microcontroladores
não poderiam ser feitos de outra forma, dispensando o microcontrolador .

Facilidade de manutenção: como os circuitos microcontrolados são menores que os circuitos discretos e utilizam menos componentes, sua manutenção se torna mais ágil.

Facilidade de modificação:por se tratar de um software interno a modificação de características do projeto microcontrolado é muito mais rápida.

Apesar de um grande conhecimento prévio necessário para criar um projeto microcontrolado, só existem vantagens a partir do momento em que se domina essa tecnologia. Na verdade não é possível desenvolver muitos circuitos eletrônicos realmente interessantes hoje em dia sem utilizar essa tecnologia. Grande parte dos projetos que no passado eram feitos com centenas de componentes discretos podem hoje ser feitos com microcontroladores e alguns circuitos de apoio,
reduzindo o tempo de desenvolvimento e principalmente o custo desses produtos.

Se tiver alguma dúvida a respeito deste assunto, não hesite em perguntar, comentando abaixo.