Todo mundo em algum momento na vida já pensou em ser um funcionário público. A segurança do emprego público, os salários garantidos, seus parentes que valorizam muito os cargos públicos e muitos outros motivos foram os que te fizeram pensar neste tipo de emprego. Realmente vale a pena virar um “concurseiro” e tentar um cargo público?

É bom começar pelos pontos positivos. O maior deles ainda é a segurança e a garantia dos salários. Mesmo com programas de avaliação dos funcionários por desempenho, ainda é muito difícil ser demitido de um cargo público, o que que dá uma grande segurança para pessoas que estão nesse ramo de trabalho. Os salários tem uma média normalmente equiparada com o mercado e um funcionário público tem muitos benefícios com nosso sistema bancário, como taxas de juros muito abaixo das praticadas no mercado e facilidades maiores para financiamentos e empréstimos.

Um outro fator importante é que qualquer um pode se tornar funcionário público, pois as exigências profissionais para tais cargos são muito poucas. Também, estudar para um concurso é uma dedicação muito menor do que se preparar para o mercado de trabalho. Quem já está muito velho para o mercado de trabalho também acaba tendo o concurso como uma válvula de escape do desemprego. Quem está muito novo, tem no cargo público a chance de obter uma estabilidade financeira para mais tarde, tentar entrar no mercado de trabalho.

Agora, como tudo na vida, o cargo público tem muitas desvantagens envolvidas.

Ao contrário do que é muito propagado pela boca do povo de que funcionário público trabalha pouco, uma pessoa investida em um cargo público trabalha muito. Em alguns casos, até muito mais do que suas contrapartes que estão no mercado privado. Isso ocorre pela falta de profissionais investidos em cargos públicos, excesso de burocracia  e também o acúmulo de funções que acaba ocorrendo neste tipo de trabalho. De alguns anos para cá, tal situação tem melhorado um pouco, com avaliações de desempenho e o governo recebendo alguns processos de assédio moral.

Servidores públicos

A responsabilidade de um cargo público é muito grande, sendo a primeira delas em caráter social. (Foto: chicosabetudo.com.br)

Você ainda terá de lidar com problemas de infraestrutura e até a falta de materiais básicos para o seu trabalho, em alguns casos. São muitas dores de cabeça que demandarão paciência e muito jogo de cintura de sua parte.

A estabilidade também tem um preço. Muitas pessoas buscam o cargo público sem ter o perfil de estabilidade que o cargo requer. E por isso, acabam com sérios problemas de estresse. Quem tem um perfil empreendedor vai se sentir em um inferno astral dentro de um cargo público. É muito difícil promover mudanças em ambientes estagnados e sólidos como é o ambiente dos serviços públicos. A burocracia excessiva acaba dificultando demais qualquer mudança. Além do mais, as mudanças não são bem vistas por alguns funcionário públicos, que criam resistências a quaisquer inovações por terem a ideia de cargo público como pouco trabalho, ou já estarem cansados do trabalho excessivo.

Quem começa a carreira em um cargo público pode também ter dificuldade para encontrar um trabalho no mercado depois. Isso porque quem está no mercado busca muito mais um treinamento constante e vive sob uma pressão que o leva a inovar. Um cargo público não é muito bem visto pelo mercado, pois ele foge da realidade do mercado e não prepara o indivíduo para as constantes mudanças que as diferentes áreas do conhecimento passam constantemente.

O salário dos cargos público também acaba sendo menor do que as possibilidades existentes no mercado privado. Lógico que o mercado privado vai ter mais cobranças e exigir mais de seu perfil empreendedor, mas as recompensas são valiosas.

A concorrência dos concursos também é um fator desmotivante. Existem pessoas que ficam mais de 4 anos tentando concursos, sem sucesso. E podem acabar se vendo desempregadas, pois estarão desatualizadas com o mercado. Alguns cargos públicos hoje em dia tem exigido alguma experiência de mercado de quem está tentando a vaga.

Por fim, a escolha ou não por um cargo público vai depender mais de seu perfil do que as vantagens e desvantagens envolvidas neste tipo de trabalho. Vocês, leitores de nosso blog, estão livres para discutir idéias e sugestões em  nossos comentários, afim de ajudar outros a escolherem (ou não) pelo cargo público.