No mercado atual, o currículo faz cada vez mais diferença. Mas começam a surgir um monte de siglas para alguns tipos de graduação que nos deixam até confusos. MBA, Ph.D, Mestrado, Doutorado, pós-graduação. Afinal: o que é cada uma dessas graduações e o que elas significam?

Lato sensu e Stricto sensu

Antes de mais nada, precisamos saber da diferença entre estas duas definições, sob as quais os títulos acima estão classificados.

Lato sensu é a designação genérica que se dá aos cursos de pós-graduação que não são avaliados pelo ministério da educação. Sua duração mínima é de 360 horas. Não fornecem um título acadêmico, como mestre ou doutor e tendem a ter maior foco na aplicação prática dos conceitos, focando na atuação profissional.

Opções para os estudantes

A graduação é apenas o começo para a maior parte dos estudantes. É o caminho rumo a uma via com várias opções. Dependendo do seu perfil, cada uma delas pode ser mais atraente do que a outra. Qual é sua opção? (Foto: ppt-bird.blogspot.com)

Nos cursos stricto sensu, os alunos são imersos em processos de capacitação bem mais demorados. Após a formação em disciplinas específicas, um longo período é dedicado à formulação de uma pesquisa inédita, voltada para um foco específico no âmbito teórico da área de pesquisa. Tem por objetivo a produção de dissertações e teses que formulem e comprovem teorias novas para o entendimento de fatos e de suas relações. São avaliados obrigatoriamente pelo Ministério da Educação.

Especialização ou pós-graduação (lato sensu)

Tem como pré-requisito básico a conclusão de um curso superior, não garantindo o acesso ao doutorado ou mestrado. É a especialização em uma área específica, podendo ser ligada à primeira graduação ou não. Tem foco na aplicação prática das teorias.

No Brasil, a Residência Médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu destinada a médicos e médicos veterinários, sob a forma de curso de especialização.

MBA (Master in Business Administration) ou Mestrado em Administração de Negócios (lato sensu no Brasil, stricto sensu nos EUA)

O Mestrado em Administração de Negócios é um grau acadêmico de pós-graduação destinado a administradores e executores na área de gestão de empresas. Difere do MBA (Master of Business Administration) pois no Brasil ele é enquadrado como “Especialização”, ou seja, uma “Pós-graduação Lato Sensu”. Quem o obtém não recebe o título de Mestre. Colocamos as duas definições neste artigo pois muitos leitores optam por fazer programas de MBA no exterior, principalmente EUA, onde o título equivale a um mestrado. É focado mais na prática e da execução da teoria, tendo muito poucas matérias exclusivamente teóricas. Tem a duração média de 2 anos.

Mestrado (stricto sensu)

Possibilita uma formação mais profunda, preparar professores para lecionar no nível superior, em faculdades ou universidades, promovendo atividades de pesquisa. Forma pesquisadores em áreas específicas do conhecimento. É comum o mestrando utilizar desse degrau para se preparar para o doutorado, onde ele será capacitado como pesquisador. Mas não é obrigatório para aqueles que desejam ingressar no doutorado. Alunos com um desempenho muito bom na graduação podem ser aceitos diretamente no doutorado, dependendo da legislação particular de cada universidade.

Sua duração média é de 2 anos. Ao final do curso, o mestrando apresenta uma dissertação sobre seus achados e pesquisas durante o curso. São pesquisas normalmente de coleta, análise e comparação de dados objetivos, adquiridos em campo ou bibliográficos, mas sem o foco da criação de novas teorias.

Shaquille O'Neal recebendo o título de doutor

O astro da NBA Shaquille O’Neal já recebeu um título de doutor e até um MBA. Qual desses será melhor para você? (Foto: theweek.com)

Doutorado, LL.D e Ph. D (stricto sensu)

Como dito anteriormente, o doutorado certifica o indivíduo como capaz de um trabalho independente, criativo e original no ramo da pesquisa acadêmica. Tem a duração média de 4 anos, onde o doutorando apresenta uma nova ideia ou teorias inéditas no campo de conhecimento em que faz a pesquisa.

O LL.D é a abreviatura do termo latino Legum Doctor (“Doutor de Leis”), um doutorado de direito em vários países do mundo, como Canadá, Estados Unidos, e diversos membros da União Européia. Um doutor em filosofia ou Ph.D é um título fornecido pelas Universidades reconhecido como grau máximo de especialização nos países de língua inglesa. O termo filosofia não se relaciona neste título apenas ao campo da filosofia propriamente dita, mas provém do sentido grego da palavra, que é amor ao conhecimento.

Embora as regras de ingresso no doutorado variem de instituição para instituição, a modalidade geralmente é reservada para alunos de notável desempenho acadêmico durante o curso da graduação ou que desenvolveram um projeto de mestrado muito abrangente para o mestrado sendo mais apropriado o início direto como doutorandos.

Ainda temos também o doutor Honoris causa, usada em títulos honoríficos concedidos por universidades a pessoas que se destacaram em alguns campos do conhecimento, não necessariamente sejam portadoras de um diploma universitário, mas que sejam destaques em determinadas áreas (artes, ciências, filosofia, letras, promoção da paz, de causas humanitárias, etc).

Pós-Doutorado

Um pós-doutorado é a especialização ou estágio em universidade após a conclusão do doutorado, dando ao pesquisador um nível de excelência em seu campo de pesquisa.

O que está esperando para buscar seu novo título? Saia desse seu vício no facebook e volte a estudar o quanto antes! Há opções para todos os gostos. Qual mais agradou ao seu?